11º Batalhão realiza solenidade do Dia da Bandeira



 

Tamanho da fonte    




No domingo, 19/11, às 11h50, o Comando do 11º Batalhão realizou a celebração do Dia da Bandeira. O objetivo da solenidade é cultuar a Bandeira Nacional, incinerar bandeiras inservíveis e contou com a participação dos Soldados 2º Classe, do Curso de Formação de Soldados da 195ª Cia de Ensino e Treinamento.
 
A solenidade militar foi presidida pelo Comandante do 11º BPMMG, Ten. Cel. Sérvio Túlio Mariano Salazar, com a presença de militares, autoridades, familiares dos soldados alunos e convidados. O Pavilhão Nacional foi hasteado às 12 horas e, na sequência, as bandeiras consideradas inservíveis pelo uso foram incineradas.
 
“Bandeira Nacional é um dos maiores símbolos do país e como tal, merece todo o nosso respeito e as atividades de hoje acontecem em todo estado, conforme determinação do Estado Maior da Polícia Militar e para nós do 11º Batalhão, um momento especial com a participação dos soldados 2ª Classe em sua primeira atividade oficial, dentre tantas outras que virão a acontecer no decorrer do curso”, disse o Comandante.
 
A atual Bandeira Nacional Brasileira foi instituída em 19 de novembro de 1889, quatro dias depois da Proclamação da República, com a adaptação da Bandeira do Império Brasileiro, que teve o escudo imperial português substituído pelo globo representando o céu do Rio de Janeiro, local onde foi proclamada a República.
 
História
 
A comemoração do Dia da Bandeira do Brasil, no dia 19 de novembro, passou a fazer parte da história do País após a Proclamação da República, no ano de 1889. Com o fim do período Imperial (1822-1889), a bandeira que representava o império foi substituída.
 
A substituição da bandeira imperial por uma bandeira republicana representa as mudanças que o Brasil passava naquele momento: mudanças na forma de governo e de governar, do regime imperial para uma república federativa. Além disso, a nova bandeira representava a simbologia que estava agregada ao regime republicano, como a ideia de um Estado-nação, o patriotismo e o surgimento do sentimento nacionalista.
 
Características
 
A Bandeira Nacional, um dos principais símbolos do Brasil, reúne uma série de detalhes obrigatórios que devem ser obedecidos, de acordo a com a legislação. O tamanho, a precisão nas cores, a disposição das estrelas que representam os estados e da faixa central devem ser seguidos à risca, assim como a forma como ela é homenageada e guardada.
 
Tribuna do Leste













}