21 pássaros são presos e PM Ambiental aplica mais de 70 mil em atuações



 

Tamanho da fonte    




Durante patrulhamento pelo perímetro urbano de Manhumirim, os militares do Meio Ambiente de Alto Caparaó estiveram na casa de um criador amador de passeriformes para uma fiscalização de rotina, sendo constatadas as seguintes irregularidades:
 
No plantel físico constavam 21 pássaros, já na relação 31, sendo que ao conferirem anilha por anilha, verificaram que um Coleiro estava com anilha  de outro pássaro, visto que na própria marcação constava 2.6mm, fato confirmado na aferição com paquímetro, constataram também que três pássaros estavam anilhados, porém não constavam na relação do criador fiscalizado e ainda que 12 pássaros constantes na relação de passeriformes, não foi dada definição deles pelo fiscalizado, motivo pelo qual foram considerados extraviados. 
 
O acusado foi preso em flagrante delito por manter pássaros em cativeiro de forma irregular, contrariando norma específica (IN 10/2011) e foi confeccionado AI n° 130124 e fl. de continuação que totalizaram 21.600 UFEMG'S, ou seja, R$ 70.200,00.
 
Os pássaros foram apreendidos e deixados com depositário fiel.
 
Participaram da operação o Sargento Ladsmar e os Cabos Werneck e Cerqueira.
 
Manhuacu.com/com informações da PM













}