30 quilos de drogas, armas, munições e dinheiro são apreendidos em Mutum



 

Tamanho da fonte    




A Polícia Militar de Mutum, com o apoio de militares da 29ª Companhia de Polícia Militar, com sede Manhumirim, desencadeou na manhã desta quinta-feira, 20/07, uma operação no Distrito de Centenário, onde foi cumprido um mandado de busca e apreensão. O alvo da operação foi uma residência na qual havia várias denúncias de tráfico de drogas.
 
Segundo Comandante do Policiamento em Mutum, Tenente Rodrigues, foram apreendidos mais de 30 quilos de drogas. “Localizamos dentro de um galpão em frente à casa, que também pertence ao alvo da operação um farto material ilícito. Cerca de 30 quilos de maconha, 1.500 gramas de cocaína, 220 pontos de LSD. Munições de diversos calibres inclusive de uso restrito entre elas, munições de fuzil e .40, além de muito dinheiro e chegues nominais ao autor e alguns de seus familiares”, disse o Oficial.
 
Ainda de acordo com ele, os trabalhos se deram a partir de denúncias anônimas. “Com base nessas informações o serviço de Inteligência da Polícia Militar realizou diversos levantamentos no local, que resultou nessa ordem judicial expedita pela Justiça da Comarca de Mutum e na apreensão deste farto material”, completa.
 
Duas pessoas que estavam na casa foram conduzidas à delegacia. “O alvo da operação não se encontrava na residência, estavam apenas a esposa e a filha do mesmo, as duas foram conduzidas como suspeitas de participar do esquema, já que localizamos diversos chegues nominais às suspeitas e ao autor, dando a entender que todos estavam envolvidos”, disse Tenente Rodrigues.
 
Produtos de origem duvidosa 
 
Dando sequência às buscas, a PM encontrou dentro de uma casa abandonada, na mesma propriedade do autor vários produtos de origem duvidosa. “São muitas roçadeiras, maquinas de cortes, lavadoras de alta pressão e muitos outros materiais que as suspeitas não souberam precisar a origem e nem o motivo pelo qual aquele material estava na casa abandonada”, explica o Militar. A PM acredita que todo o material seja produto de furto ou de troca em droga, como forma de pagamento. “Tudo foi apreendido e será entregue na delegacia juntamente com o restante do material e com as pessoas envolvidas”, finaliza.
 
Tribuna do Leste













}