“Duro de Matar” e “Tainá” são atrações deste final de semana no João Bracks



 

Tamanho da fonte    




A saga da indiazinha Tainá fez sucesso nas telas entre a criançada na década passada. Agora a diretora Rosane Svartman vem e conta o começo desta história em “Tainá – A Origem”. O filme estreou nesta sexta-feira (15) no Centro Cultural João Bracks. Além desta película, Bruce Willis continua em cartaz com “Duro de Matar: Um Bom Dia Para Morrer”.

O Centro Cultural João Bracks esta localizado na rua Amaral Franco, 224, centro, Manhuaçu. Mais informações através do telefone (33) (33)3331-3447 ou pelo e-mail: joaobracks@joaobracks.com.br.

Tainá – A Origem

A floresta amazônica é invadida por piratas da biodiversidade e a jovem índia Maya (Mayara Bentes) acaba tornando-se vitima dos bandidos, deixando órfã a bebê Tainá. A criança é abrigada entre as raízes de uma Grande Árvore e salva pelo velho e solitário pajé Tigê (Gracindo Jr), que passa a cuidar dela e só a devolve para seu povo cinco anos depois, quando será escolhido o novo líder defensor da natureza. Por ser menina, Tainá (Wiranú Tembé) é impedida de se apresentar, mas pela herança da mãe, a última das guerreiras, e com o apoio da esperta menina da cidade Laurinha (Beatriz Noskoski) e do índio nerd Gobi (Igor Ozzy), a indiazinha resolve encarar os malfeitores, desvendando o mistério de sua própria origem.

Horários:

Sábado (16) e domingo (17) – às 16h

Terça-feira (19), quarta-feira (20) e quinta-feira (21) – às 18h

Ingressos R$ 8,00 (Meia)| R$ 16,00 (Inteira)

Duro de Matar: Um Bom Dia Para Morrer

Nova York, Estados Unidos. O policial John McClane (Bruce Willis) está em busca de informações sobre o filho, Jack (Jai Courtney), com quem não fala há alguns anos. Com a ajuda de um amigo, ele descobre que Jack está preso na Rússia, acusado de ter cometido um assassinato. John logo parte para o país na intenção de rever o filho e, pouco após chegar, acaba encontrando-o em plena fuga do tribunal onde seria julgado. Jack está com Yuri Komorov (Sebastian Koch), um terrorista que diz ter em mãos um dossiê que pode incriminar um potencial candidato à presidência russa, Chagarin (Sergey Kolesnikov). Ele não gosta nem um pouco de reencontrar o pai, mas a insistência de John em ajudá-lo acaba, aos poucos, quebrando o gelo entre pai e filho.

Horários:

Sábado (17) e domingo (18) – às 20h

Terça-feira (19), quarta-feira (20) e quinta-feira (21) – às 20h

Ingressos R$ 10,00 (Meia) | R$ 20,00 (Inteira)

Centro Cultural João Bracks














}