Abertas as inscrições para a 4ª Feicintec - CREA MG



 

Tamanho da fonte    




​Estão abertas as inscrições para a 4ª Feira de Ciências e Inovações Tecnológicas do Crea-Minas (Feicintec). Os interessados podem se inscrever pelo site feicintec.​crea-mg.org.br até o dia 31 de agosto de 2016.

Os trabalhos participantes devem ser produzidos por alunos regularmente matriculados em cursos técnicos, tecnólogos e de graduação cadastrados no Crea-Minas, que abranjam as áreas de engenharia, agronomia, geologia, geografia e meteorologia.

A exemplo dos outros anos, depois de inscritos, os projetos passam por duas etapas de avaliação. Na primeira, uma comissão avaliadora seleciona 36 trabalhos para serem expostos no dia da feira, sendo três de cada uma das 12 Regionais do Conselho. O resultado desta primeira etapa será publicado no site da Feicintec até o dia 3 de outubro. Os projetos serão analisados com base nos relatórios, considerando resultados qualitativos e quantitativos.

Já a fase final ocorre em Belo Horizonte, nos dias 20 e 21 de outubro, com a exposição dos classificados e o anúncio dos dez vencedores desta quarta edição da Feicintec.

Os cinco primeiros colocados serão premiados com valores entre R$4.000 e R$12.000 reais e os demais vão receber menção honrosa. Os outros participantes das duas etapas receberão certificado.

A Feicintec é voltada para projetos de inovação tecnológica e busca incentivar a criação, planejamento e execução de trabalhos neste âmbito. Além disso, a feira tem o objetivo de despertar novas vocações em estudantes de cursos da área tecnológica e aproximar ainda mais o Conselho das instituições de ensino.

Para o coordenador do Colégio Estadual de Instituições de Ensino (CIE) e diretor da Escola de Engenharia da UFMG, engenheiro eletricista Alessandro Fernandes Moreira, a Feira é uma oportunidade para a troca de experiências entre a universidade e o mercado. “A tecnologia evolui numa rapidez muito grande e as universidades tentam acompanhar essa evolução e modernização de seus currículos. A Feicintec tem esse papel porque o aluno passa a ser exercitado pelo mercado em novas ideias, novas tecnologias e inovações”, revela Alessandro.

A terceira edição da Feira, realizada no ano passado, recebeu inscrições de mais de 200 projetos, desenvolvidos por aproximadamente 700 estudantes vindos de 48 instituições de ensino de todo o estado.

Assessoria de Comunicação

Envie notícias, fotos e vídeos para o nosso WhatsApp (33) 99906-5656