Agentes de Endemias e Saúde participam do programa de Educação Permanente



 

Tamanho da fonte    




A Secretária Municipal de Saúde, Dra. Karina dos Santos Sales participou de um importantíssimo encontro, que reuniu Agentes Comunitários de Saúde e de Combate a Endemias, que trabalham nos bairros e permanentemente estão em contato com as famílias.
 
O programa de Educação Permanente em Saúde visa transformar e qualificar a atenção à saúde, as práticas de educação em saúde, além de incentivar a organização das ações e dos serviços numa perspectiva intersetorial.
 
Durante o encontro, a Secretária Municipal de Saúde destacou a importância de os agentes estarem atentos para alguns pontos importantes, dentre eles a violência e o abuso sexual, além de uma observação voltada assim que perceberem algo anormal. No trabalho cotidiano estarem conversando com os pais, orientando-os sobretudo a boa maneira de convivência em família, para uma harmoniosa permanência em sociedade.
 
A equipe do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), que acompanha famílias e pessoas que estão em situação de risco social ou tiveram seus direitos violados também participou do encontro, para partilhar experiência. “No encontro, procuramos sensibilizar os agentes para que estejam bem próximos das famílias. Além da sensibilidade dos agentes para detectar essa situação de forma precoce, a ação visa garantir a qualidade de vida das pessoas”, destaca Dra. Karina Gama dos Santos Sales.
 
Semente de planta que combate o mosquito da Dengue
 
A segunda parte da reunião com os Agentes Comunitários de Saúde e Endemias, teve um destaque para a participação do vereador Cleber da Matinha, que apresentou a semente de uma planta chamada Crotalária, que pode ser cultivada em quintais pequenos. As informações são de que o vegetal atrai uma libélula que é predadora do mosquito. A larva dela também elimina a larva do Aedes Aegypti.
 
A Secretária de Saúde, Dra. Karina Gama dos Santos Sales conta que a distribuição da semente da Crotalária aos moradores do município poderá ser uma das ações de combate à dengue. Esse será um controle biológico e, as famílias estarão recebendo a semente dessa planta, para o controle das erborisoses e o mosquito, que transmite febre amarela, chikungunya e zika vírus.
 
Segundo o vereador Cleber da Matinha, em algumas regiões a planta está sendo uma das alternativas de combate ao mosquito. Ele conta que, em Rio Pomba já está sendo utilizada e, o resultado tem sido bom. “Em conversa com a Secretária de Saúde sobre a Crotalária e por ter conhecido a sua eficácia, adquiri 10 quilos de sementes para que os agentes possam distribuir às famílias de cada bairro. Espero quesurtirá efeito surpreendente”, relata o vereador.
 
Assessoria de Comunicação SMS













}