Alunos do Curso de Sargentos recebem palestra sobre Depressão



 

Tamanho da fonte    




O Comando do 11° Batalhão de Policia Militar vem realizando uma série de ações voltadas para a promoção da saúde e bem estar de seus militares. Desta vez, a ação foi voltada para os  alunos do curso de Sargentos, que  na manhã desta terça-feira, 06, receberam a psicóloga Cecília Emerich Breder Martins, NASF Manhuaçu, que ministrou palestra com o tema  Depressão e seus Mitos, com o objetivo de compartilhar conhecimentos no que tange a tal patologia que hoje pode se considerar o mal do século.

O que é depressão

A depressão é um distúrbio afetivo que acompanha a humanidade ao longo de sua história. No sentido patológico, há presença de tristeza, pessimismo, baixa auto-estima, que aparecem com freqüência e podem combinar-se entre si.

Principais causas

Hormonal: Mudança no equilíbrio dos hormônios no organismo pode causar depressão.

Genética: A depressão é mais comum em pessoas com histórico de pessoas depressivas na família.

Acontecimentos da vida: Acontecimentos como a morte ou a perda de um ente querido, problemas financeiros e de alta tensão pode desencadear a depressão em algumas pessoas, isso sem falar nos traumas de infância.

Sinais e sintomas comuns da depressão:

Irritabilidade ou inquietação: Sente-se agitado e inquieto.

Perda de energia. Sente-se cansado, lento e fisicamente esgotado.

Auto-aversão. Fortes sentimentos de inutilidade ou culpa.

Problemas de concentração. Dificuldade para se concentrar, tomar decisões, ou lembrar as coisas.

Dores inexplicáveis. Um aumento do número de queixas físicas, como dores de cabeça, dores nas costas, dores musculares e dores no estômago etc.

Causas e fatores de risco para a depressão:

Solidão, falta de apoio social, recentes experiências de vida estressantes, história familiar de depressão, problemas de relacionamento ou conjugal, tensão financeira, trauma ou abuso de infância, uso de álcool ou drogas, situação de desemprego ou subemprego, problemas de saúde ou de dor crônica.

Tratamento

O tratamento é essencialmente medicamentoso, podendo ser utilizada a técnica de terapia.

O importante é que o indivíduo não se isole e procure ajuda, seja com amigos ou familiares. A sociabilidade é um fator importantíssimo para o tratamento e saúde mental.

Ponto forte

Após a explanação do assunto, abriu-se um período de questionamentos para que os alunos pudessem tirar as dúvidas quanto aos mitos da depressão, tais como “somente as mulheres tem depressão”, “que depressão é doença de ricos”, dentre outras abordagens popular.
(foto: Jesse Hudson)

 “É imprescindível o acompanhamento médico tanto para o diagnóstico quanto para o tratamento adequado”, salientou Cecília Emerich Breder Martins – Psicóloga NASF.

Jesse Hudson














}