APAC comemora resultados do curso de mecânica



 

Tamanho da fonte    




Aconteceu na APAC de Manhuaçu o evento de encerramento do curso de iniciação profissional em mecânica de automóveis. O curso promovido em parceria com o Instituto Minas Pela Paz, SESI E SENAI, teve duração de 30 dias e foi muito importante para a formação profissional dos recuperandos.
 
O curso foi resultado de uma parceria da APAC de Manhuaçu com o Instituto Minas Pela Paz, Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais, Fundação AVSI, União Européia (através do Instrumento Europeu para Promoção da Democracia e dos Direitos Humanos), Secretaria de Estado de Defesa Social e a Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados.
 
A cerimônia teve a presença do gestor do Instituto Minas Pela Paz Dr. Maurílio Leite Pedrosa; Juiz da Vara de Execuções Penais Dr. Maurício Navarro Bandeira de Mello; Juiz da 1ª Vara Cível - Dr. Walteir José da Silva, o diretorda Faculdade do Futuro - Guilherme Almeida, representantes da Calpen Auto Peças; voluntários e membros da diretoria.
 
Durante a cerimônia, a Presidente da APAC de Manhuaçu, Maria Imaculada Dutra Dornelas,destacou e agradeceu aos parceiros que mobilizaram diferentes segmentos da sociedade para a capacitação dos recuperandos, especialmente ao Instituto Minas pela Paz, que através do Programa Regresso, realizado em parceria com a FBAC e TJMG, estão em constante processo de capacitação e inserção profissional dos recuperandos.
 
Durante os trinta dias, o treinamento combinou teoria e prática, dando aos alunos o suporte necessário para uma qualificação de alto nível. No ano passado, já aconteceu a capacitação com o curso de pedreiros.
 
No total, 27 recuperandos foram qualificados no curso. A cerimônia foi marcada pelo reconhecimento e incentivos aos participantes.
 
Com a formação específica, os recuperandostêm mais oportunidades de uma recolocação no mercado de trabalho. Estudos comprovam que egressos que trabalham têm probabilidade 63% menor de reincidir quando comparados com os que não trabalham.
(foto: Assessoria de Comunicação)
 
Assessoria de Comunicação