Araponga é destaque em concursos de cafés especiais



 

Tamanho da fonte    




O Brasil é o maior produtor de café do mundo, e Minas é líder absoluto, com mais da metade da produção nacional. E é na cafeicultura familiar da cidade mineira de Araponga que estão surgindo alguns dos novos melhores cafés do país.
 
O maior concurso de café do Brasil Cup Of Excellence, promovido pela BSCA Brazilian Specialty Coffee Association (Associação Brasileira de Cafés Especiais), contou com 13 amostras finalistas de Araponga num total de 25 na categoria Cereja Descascado, o 2º lugar ficou para o atual prefeito Luíz Henrique Macedo Teixeira 91.87 pontos, e o 3º lugar ficou com o jovem produtor Luís Mauro Araújo Miranda 90.83 pontos. Na categoria Natural o 2º lugar foi para o Paulo Henrique Miranda 92.37 pontos.
 
No concurso do SENAR MINAS abrangendo a região das Matas de Minas na categoria Cereja Descascado os 3 primeiros lugares são de Araponga, 1º lugar Simone Dias Sampaio 89.6 pontos, 2º lugar Valdinei Rezende 88.7 pontos e 3 º lugar produtor Edimar Miranda 87.5 pontos. Na categoria Natural, 1 º lugar Aimar Izidoro do Carmo 88.13 pontos e 2º lugar Itamar Miranda 87.0 pontos.
 
Na Semana Internacional do Café 2017, o concurso Coffee of the Year com mais de 150 amostras de café acima de 80 pontos selecionados para a Sala de Cupping&Negócios elegeu dos 10 primeiros colocados 4 cafés de Araponga, sendo o melhor café na categoria arábica de Sandra Lelis da Silva a primeira mulher a conquistar esse prêmio, 2° lugar Carlos Sérgio Sanglard, 5° lugar Simone Dias Sampaio e 6° lugar Paulo Henrique Miranda.
 
No concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais realizado pela Emater, Araponga conta hoje com 30 finalistas, a final será no mês de dezembro ainda sem dia definido pela Emater MG.
 
Assesoria de Imprensa













}