Atlantica Coffee leva produtores de café de Minas Gerais para a Colômbia; produtor de Manhuaçu participou



 

Tamanho da fonte    




A Atlantica Coffee patrocinou uma viagem à Colômbia para quatro ganhadores do XIII Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais, promovido pela Emater-MG, em parceria com a empresa do grupo Montesanto Tavares, um dos maiores exportadores de café do Brasil. Foram premiados os produtores com maior pontuação no concurso, de acordo com as normas da Associação Americana de Cafés Especiais (SCAA). O primeiro lugar da categoria Natural, Celso Antônio de Oliveira de Manhuaçu (MG), e o vencedor da categoria Cereja Descascado, Ruggero Pisa Simonini Spadas, da CBI Agropecuária Ltda, município Minas Novas (MG) puderam vivenciar a experiência no país vizinho.
 
“Não tem dinheiro que pague o conhecimento que recebi nessa viagem. Foi uma oportunidade única que levarei para o resto da minha vida. Eu nunca imaginei que teria uma oportunidade como essa. Nunca pensei que viajaria para tão longe. Vai ser um estímulo para a minha vida e a dos meus filhos, para eles continuarem fazendo um café de qualidade”, emociona-se Celso Antônio de Oliveira, ao falar da viagem. Celso trabalha com café desde criança, herança do pai e do avô e, desde 2009, dedica-se a cafés especiais.
 
Realizada de 21 a 26 de maio, a viagem teve o objetivo de compartilhar as práticas cafeeiras desenvolvidas no país da América Central, produtor de cafés especiais, além de permitir a troca de informações e de conhecimento da cultura colombiana. Os ganhadores conheceram Bogotá, capital da Colômbia, e seguiram para Nariño, em Pasto, onde visitaram a Fazenda El Obraje e a Cooperativa de Cafés Especiais de Nariño. Os cafés especiais são novidade na região. No passado, o plantio de drogas, como a folha de coca e papoulas, fez com que fosse perigoso viver em comunidades rurais. Agora, as comunidades agrícolas estão investindo na cafeicultura sustentável, pensando no futuro.
 
Os ganhadores também visitaram a Fazenda Paraíso, a Reserva Indígena Aponte e a Laguna de la Poncha. A comunidade de Aponte é uma aldeia de índios do grupo Inga, com raízes Incas. Eles cultivam café especial dando atenção para lavagem e secagem. Os tipos mais detalhados do processamento são atividades novas para eles. Com a Companhia Exportadora La Meseta e a contribuição da Ally Coffee, outra empresa do grupo Montesanto Tavares, a comunidade constrói terreiros suspensos para secagem do café. Eles também estão experimentando o processo de Honey, com os semi lavado, mas sem água (retiram a polpa e deixam a mucilagem). Por fim, encerraram as visitas saboreando o produto final, nas tradicionais cafeterias colombianas.
 
De acordo com o coordenador de Sustentabilidade do grupo Montesanto Tavares, Thiago Franco, responsável por processos de certificações de cafés na holding, a viagem superou as expectativas. “Os visitantes puderam aprender as práticas de cultivo do país e deixar o que sabem. Foi gratificante promover esse intercâmbio entre Minas Gerais e este país que possui 34 estados, sendo que 15  possuem plantios de café. Todas as terras de café na Colômbia estão nas montanhas dos Andes e as maiores fazendas estão localizadas em lugares muito íngremes”, afirma Franco.
 
Como apoiadora e patrocinadora do XIII Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais, realizado em dezembro de 2016, a Atlantica Coffee comprou os lotes campeões das categorias Natural e Cereja descascado ou desmucilado por um preço especial de USD 800,00 a saca de 60 kg, sendo que cada lote tem 10 sacas, além de comprar os cafés dos finalistas com notas de 84 pontos e acima, de acordo com as normas da SCAA e que atenderam o padrão de qualidade exigido pela empresa. Os três primeiros colocados de cada uma das regiões cafeeiras receberam uma premiação em dinheiro. Ao todo, foram R$ 36 mil distribuídos entre os três melhores posicionados de cada região. Os 24 vencedores do concurso receberam, ainda, um troféu feito de mogno africano, proveniente das florestas plantadas pelo grupo Montesanto Tavares.
 
A Atlantica Coffee é uma empresa 100% brasileira, comprometida em levar o café e os produtores do Brasil ao patamar mais alto no mercado mundial. A empresa acredita que o Brasil reúne condições de ser um importante produtor de cafés superiores e especiais ocupando lugar de destaque no cenário mundial.
 
Flávia Amaral













}