Cachorro teve pele dilacerada em ato de crueldade



 

Tamanho da fonte    




Após ser submetido a uma cirurgia, o pequeno Baruk dá sequência ao tratamento das graves feridas, conforme informou o médico veterinário Róger Bordone. Na terça, 26/06, Baruk foi encontrado por três mulheres na rua Sebastiana Maria de Jesus, no bairro Nossa Senhora Aparecida, em Caratinga.
 
A suspeita da equipe médica é de que o cão foi mutilado com um bisturi, tesoura, tendo em vista a ferida muito retilínea, como destacou a médica veterinária Isabella Lacerda. Na manhã desta quarta-feira (27/06) retornamos ao Hospital Veterinário.
 
Em uma visita especial, a reportagem encontrou Baruk acordado, em uma bomba de infusão, recebendo comidinha e água na boca. O seu quadro de saúde é estável, segundo a equipe médica. O tratamento prossegue.
 
Ainda não se sabe quem foi capaz de um ato tão cruel. Caratinguenses solicitaram uma apuração das autoridades competentes para dar fim à impunidade de quem cometeu o crime e fazer valer a lei que pune quem maltrata animais.
 
Joaquim Batista da Silva Filho, de 32 anos, é o proprietário de Baruk há cerca de três meses. Ele relatou que ele e outros dois animais de estimação têm o costume de andar pelo terreiro da residência no momento em que precisam fazer as necessidades fisiológicas. Na manhã de terça, o cão desapareceu.
 
TV Super Canal













}