Cemitério Municipal recebe capina e limpeza



 

Tamanho da fonte    




O Cemitério Municipal de Manhuaçu está passando por um amplo serviço de limpeza, que inclui capina, varrição e retirada de lixo. O trabalho começou a ser feito na quarta-feira e o serviço de capina nas vielas e entre os túmulos já foi concluído.
 
Segundo o encarregado de serviços no cemitério, Edson de Oliveira Filho, entre quarta-feira e o último sábado, foi executado o serviço de capina com o apoio do SAMAL – Serviço Municipal de Limpeza Urbana – que disponibilizou sete trabalhadores, todos recuperandos da SUAPI, para a realização do trabalho.
 
Com a conclusão do serviço de capina, os trabalhadores agora fazem a retirada do mato. “Agora está sendo retirado o capim que foi cortado entre os túmulos e logo depois será feita a varrição e iniciada a retirada de lixo e entulho que fica entre os túmulos” – pontuou Edson de Oliveira.
 
A capina no Cemitério Municipal de Manhuaçu não era feita há cerca de quatro meses e, com as chuvas registradas no final do ano e principalmente no início desse ano de 2016, o mato cresceu muito e agora foi realizada nova limpeza, deixando o local adequado para a visitação pública.
 
Preocupação com o AEDES
 
Em relação aos cuidados para evitar criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, febre chikungunya e do vírus zika, o Cemitério de Manhuaçu é considerado ponto estratégico, ou seja, o local que recebe vistoria para pesquisa de focos e tratamento de quinze em quinze dias.
 
Segundo a coordenadora da Vigilância Ambiental, Emilce Estanislau, o espaço é bastante monitorado devido a possibilidade de proliferação do vetor. Segundo ela, além da visitação constante dos agentes, os funcionários responsáveis pela manutenção do cemitério são instruídos a eliminar a água parada nos vasos toda vez que ocorre chuvas.
 
Os vasos de plantas e vasilhames usados para colocação de velas nos túmulos, quando não estão sendo utilizados, são mantidos virados, de forma que não acumulem água, o que tem contribuído segundo Emilce Estanislau, já que nos últimos meses não foram detectados focos do Aedes aegypti.
 
Sem espaço
 
O Cemitério Municipal, conta atualmente com três funcionários fixos que realizam trabalhos como abertura e construção de túmulos e covas, entre outros serviços de manutenção do espaço, aberto diariamente a visitação pública.
 
Ocupando uma área de 15 mil metros quadrados, cerca de hectare e meio, o Cemitério é o maior de todo o município possuindo aproximadamente oito mil túmulos ou jazigos familiares. No local também existem cinco blocos com cerca de 30 gavetas em cada um, o que dá um total de 150 gavetas.
 
O município de Manhuaçu possui ainda mais sete cemitérios que estão localizados nos distritos e uma área de 4.700 metros quadrados dentro do Cemitério Campo das Flores, onde são feitas covas para sepultamento de pessoas cujos familiares não tem condições de arcar com as despesas.
 
Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu













}