Conselho busca a criação da Rota do Café em Manhuaçu



 

Tamanho da fonte    




Logo na primeira reunião do ano, o Comtur (Conselho Municipal do Turismo) lançou um audacioso projeto em Manhuaçu: a criação da Rota do Café. A reunião contou com a presença dos Secretários M. de Cultura e Turismo, Gena Clara Gil Alcon, e de Agricultura, Flânio Alves da Silva; Diretora do SENAC/ Manhuaçu, Joseane Pazelli, empresários Charbel Felipe, Davi (Café Salomão) e José Eustáquio (Taquinho), além dos conselheiros.
 
O percurso que interliga as comunidades Coqueiro Rural à Manhuaçuzinho (com acesso à BR-262, em Realeza, em frente à antiga Copareal) tem a proposta de estimular o turismo local, a partir da possibilidade de mostrar ao visitante a produção cafeeira, em todas as etapas, as paisagens que acolhem os cafezais e cenários turísticos naturais como a Pedra Furada – na comunidade Manhuaçuzinho.
 
Sebastião Fernandes, Presidente do Comtur, destaca que novos empreendimentos construídos nas comunidades rurais incentivam a criação de uma rota turística no município. ‘Estamos buscando a parceria entre o poder público, representado pela Prefeitura de Manhuaçu, e o setor privado, com a participação destes empresários que já estão investindo em empreendimentos rurais na região. Queremos levar adiante este projeto, considerando o potencial turístico que temos, e a possibilidade de que esta iniciativa fortaleça a geração de renda e emprego no município’.
 
Ao município foi solicitada a manutenção e a sinalização viária da rota, demarcando o início e o fim da Rota do Café. Foram propostas para esta rota, a exposição de produtos artesanais no trajeto entre Manhuaçuzinho e Coqueiro Rural; a criação de memorial em homenagem à Maria Moura, famosa feminista do início do século XX, nascida na comunidade de Monte Alverne, entre outras sugestões.
 
A Secretária Municipal de Cultura e Turismo, Gena Clara Gil Alcon, destacou que ‘a Prefeita Cici Magalhães quer fortalecer o turismo, com novos projetos em Manhuaçu. O café é uma grande riqueza que temos. Entendemos que, com a participação dos empresários, estes empreendedores que acreditam no potencial local para o turismo, como é o caso do Charbel que está construindo o Castelo do Café – empreendimento com cafeteria e torrefação - para demonstrar ao público como funciona a produção do café, estas ideias serão consolidadas. A Prefeitura apoia a todos os produtores, cafeicultores, e organizadores neste trabalho para a criação da Rota do Café, para enriquecer o turismo de Manhuaçu. Marcaremos novas reuniões, buscando envolver as famílias residentes nas comunidades rurais que farão parte desta rota, para tornar realidade este projeto turístico’. 
 
Também foi pauta da reunião de 19/02 o cadastro de informações do município junto ao Governo do Estado para pontuação no ICMS Turístico. 
 
Secretaria de Comunicação Social – Prefeitura de Manhuaçu













}