DER Manhumirim participa de atividades do Maio Amarelo



 

Tamanho da fonte    




O Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG) participa ativamente do Maio Amarelo, movimento internacional que tem por objetivo a conscientização da sociedade sobre a segurança no trânsito.
 
Em sua 5ª edição, o movimento escolheu como tema para 2018: “NÓS SOMOS O TRÂNSITO”, chamando a atenção de cada cidadão sobre sua responsabilidade no trânsito.
 
Centenas de entidades públicas, privadas e organizações civis realizam atividades durante todo o mês de maio, a 29ª Coordenadoria Regional do DER/MG, em Manhumirim está realizando diversas atividades em parceria com prefeituras, escolas, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e entidades de classe.
 
Para abertura das atividades uma blitz educativa foi realizada na MG 108, perímetro urbano de Manhumirim, com abordagem a automóveis, ônibus, caminhões, motos, ciclistas e pedestres. “A campanha tem por objetivo abordar todos os agentes do transito no intuito de conscientizar cada um da sua importância na participação para um trânsito mis seguro”, explica a Fiscal do DER, Rita de Cássia.
 
A ação em Manhumirim envolveu além do DER, as Secretarias Municipais de Saúde e Educação, a Polícia Militar, através da 29ª Cia PM e a Policia Militar Rodoviária, do 6º PMAT, com sede em Manhuaçu.
 
“Durante todo o mês de maio, estaremos com atividades em diversos municípios da região, bom seria se pudéssemos fazer em todos os municípios da nossa área, mas infelizmente o prazo é pequeno, então estaremos presentes nas rodovias estaduais e nos municípios onde poderemos atingir o maior número de pessoas possível”, completa.
 
Maio Amarelo
 
Em maio de 2011 a ONU decretou a “Década de ação para a segurança no trânsito – 2011 a 2020”, como uma iniciativa para reduzir, no mundo, o número de mortos e feridos no trânsito em até 50%.
 
A cor amarela foi escolhida por simbolizar a atenção e também a sinalização de advertência no trânsito. O laço representa que os acidentes de trânsito são também considerados uma epidemia e segue a mesma diretriz das campanhas de conscientização contra o vírus HIV, o combate ao câncer da mama (outubro rosa) e ao da próstata (novembro azul).
 
O Brasil aderiu a esse movimento por estar no ranking dos cinco países onde mais se morre no trânsito: aproximadamente 50.000 pessoas por ano.
 
A Resolução do CONTRAN n.º 722 de 06/02/18, chancela este tema e propõe que durante todo o mês de maio os órgãos do Sistema Nacional de Trânsito e parceiros, viabilizem ações de apoio ao Maio Amarelo, através de campanhas voltadas para a sociedade por um trânsito seguro.
 
Tribuna do Leste













}