Dia de Saúde na Praça tem física e orientações sobre higienização de alimentos



 

Tamanho da fonte    




Aulas de ginástica, zumba, palestras e orientações com distribuição de panfletos e medição de pressão arterial marcaram a programação do Dia de Saúde na Praça nesta quinta-feira, 09/04, promovida pelo Governo de Manhuaçu, nas comemorações dos dias mundiais da Saúde e da Atividade Física, esta semana.
 
Realizado na Praça Cordovil Pinto Coelho, no Centro e na Praça da Rodoviária durante toda a manhã, o evento contou com a participação de dezenas de pessoas. As atividades físicas, com orientações sobre sua importância para a qualidade de vida movimentaram os participantes. As palestras com dicas de cuidados com o alimento prenderam a atenção. Foram feitas demonstrações de manuseio e armazenamento de alimentos. Para a enfermeira e coordenadora do NASF – Núcleo de Apoio à Saúde da Família - KellemMiranda, as orientações repassadas são importantes e visam mudar hábitos antigos e tradicionais das pessoas em relação a cuidados com os alimentos.
 
A coordenadora de Atenção Primaria da Secretaria Municipal de Saúde, Adriana Verli destacou que durante as atividades foram distribuídos panfletos com orientações sobre cuidados com alimentos e também sobre a importância da atividade física com dicas de exercícios, além das informações sobre os grupos de praticantes de atividades físicas mantidos junto aos ESFs - Estratégia de Saúde da Família - em todo o município. Os grupos são orientados por um educador físico e um fisioterapeuta do NASF.
 
Mudança de Hábito
 
A nutricionista da Secretaria Municipal de Saúde, Katia Alves, afirmou que as dicas para o dia a dia em casa em relação à alimentação são importantes. Ela citou como exemplo o vinagre, que é muito utilizado na limpeza dos alimentos. “A melhor higienização pode ser conseguida através da utilização do cloro ou da água sanitária” – comentou acrescentando que o cuidado com a higiene é uma prevenção em relação a doenças.
(foto: Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu)
 
Acompanhando atentamente a palestra, Geraldo da Silva Lisboa, de Rio Preto em Simonésia, considerou importante as orientações. “Algumas eu conhecia mas é sempre bom ouvir porque as vezes no dia a dia a gente não segue, e isso acaba reforçando a mudança do habito”, concluiu.
 
Secretaria de Comunicação Social













}