Drogas, armas e diversos materiais apreendidos na Matinha



 

Tamanho da fonte    




Neste sábado, 17/02, a Polícia Militar recebeu informações de que um indivíduo estaria comercializando drogas na Rua Santa Mônica, no Bairro Matinha, em Manhuaçu. As drogas eram guardadas na garagem do prédio onde o pai do acusado reside, e que todas as vezes que o envolvido avista as viaturas, este corria para a casa do tio que mora no local.
 
Diante destas informações, militares deslocaram-se ao local e avistaram o denunciado que saía da residência do tio, e transportava consigo um objeto cinza, então os policiais ordenaram que suspeito parasse, tendo ele corrido pela rua em direção a garagem da casa dos seus avôs. Os militares obtiveram êxito na interceptação do denunciado. Em realização de busca pessoal, nada de ilícito encontrado, porém a poucos metros do local da abordagem a equipe policial localizou uma balança de precisão que foi deixada no quintal de uma residência, na qual após obter a autorização da proprietária, policiais entraram no local e apreenderam o objeto. 
 
Os policiais deslocaram-se a garagem constante na denúncia, e após receberem autorização do pai do envolvido, foram realizadas buscas no local, onde foram localizados uma espingarda de pressão, uma mochila azul ao qual continha uma barra de maconha de tamanho considerável ao qual estava dividida em dois, diversas munições, papelotes de cocaína e crack e eppendonorfs. No interior de uma caixa de ferramentas foi encontrado uma garrucha calibre 22 carregada, em outra mochila preta militares encontraram uma pistola calibre 7,65 carregada com quatro cartuchos intactos.
 
Em prosseguimento a verificação das denúncias, policiais militares deslocaram-se a residência do suspeito, onde acompanhados pelo pai, militares realizaram buscas no interior do imóvel sendo encontrado sacolas, que comumente são utilizadas para embalar drogas, pen drives, equipamentos eletrônicos novos, a caixa da balança de precisão que foi apreendida. 
 
Durante as verificação, os militares obtiveram informações de que parte do material apreendido e de propriedade do tio, ao qual se encontrava presente, contudo não houve comprovação que o ligava ao fato. Diante dos fatos acusado foi preso e encaminhado a delegacia de polícia civil. Ele estava acompanhado com o advogado. Os materiais foram apreendidos.
 
Manhuacu.com/com informações da PM













}