Emater comemora 69 anos e promove final do Concurso de Qualidade do Café



 

Tamanho da fonte    




 Referência nacional no setor de extensão rural, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) comemora, no dia 06 de dezembro, 69 anos de história.
 
Em Manhuaçu, a celebração ocorreu na quinta-feira, 30/11, na Câmara Municipal e contou com a presença de autoridades municipais, regionais, e representantes de segmentos institucionais de Manhuaçu e região. Neste ano, a empresa homenageou o produtor rural destaque, jovem rural destaque, Sindicato dos Produtores Rurais de Manhuaçu, prefeituras parceiras da unidade, e o Jornal Tribuna do Leste – que comemorou 45 anos no dia 30 de setembro, e vem, ao longo dos anos, levando informações precisas ao meio rural.
 
Paralelamente ocorreu o encerramento do 12º Concurso de Qualidade de Café da Região das Matas de Minas, que premiou produtores nas categorias Café Natural e Cereja Descascado.
 
A Emater–MG é vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento e está presente em aproximadamente 790 municípios, com um atendimento a cerca de 400 mil famílias de agricultores familiares a cada ano. As ações desenvolvidas em parceria com várias instituições públicas e privadas garantem geração de emprego, bem-estar, renda e desenvolvimento sustentável no meio rural.
 
Os serviços prestados à sociedade vêm rendendo diversas formas de reconhecimento nacional. Prêmios recebidos pela empresa são, para o Gerente Regional da Unidade em Manhuaçu, Rômulo Matozinho de Carvalho, a demonstração do esforço para fortalecer a assistência técnica e extensão rural, garantindo desenvolvimento e atendimento de qualidade para os agricultores familiares. “Esse trabalho de décadas desenvolvido pela Emater-MG é fundamental para o sucesso das ações do estado com o produtor rural, principalmente ao agricultor familiar. Durante todo esse tempo, a busca tem sido pela qualificação do nosso agricultor, com o objetivo garantir a sustentabilidade da atividade no campo, com benefícios econômicos e sociais”, afirma.
 
A empresa está na região desde 1962, onde foram inaugurados três escritórios na época, em Lajinha, Manhumirim e Manhuaçu. Desde então, a unidade vem trabalhando junto ao agricultor para melhorar cada vez mais a qualidade de vida desses fornecedores do meio rural, através de assistência técnica e extensão rural – um método de educação não formal para os agricultores, que busca levar um conhecimento técnico novo, mas compreende qual a tecnologia que o trabalhador rural necessita e quais novos mecanismos que ele pode adotar para melhorar a sua agricultura, sem desmerecer o conhecimento que ele já possui. Os principais indicadores dos resultados da Emater-MG podem ser conferidos em programas, como o Certifica Minas Café; Minas Pecuária; Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), entre outros. “Para 2018, a sociedade pode esperar muito mais da Emater-MG. É um ano que promete muito em termos de recursos e parcerias que irão beneficiar a assistência técnica e os agricultores mineiros. No ano que vem nós continuaremos trabalhando com a mesma seriedade e comprometimento para contribuir de maneira eficaz com o desenvolvimento sustentável da agricultura familiar em Minas Gerais”, afirma o Rômulo Matozinho.
 
Confira os ganhadores do XII Concurso de Qualidade do Café da Região das Matas de Minas:
 
Categoria CN
 
1º Celso Antônio de Oliveira
 
2º Matuzalém Rosa Viana
 
3º Marcos da Silva
 
4º Lucas José dos Reis
 
5º Valdeir de Oliveira
 
Categoria CD
 
1º Reinaldo Garcia dos Santos
 
2º Sérgio Viana Klen
 
3º Horácio Antônio de Moura
 
Danilo Alves/Tribuna do Leste - Fotos: Geilson Dangelo













}