Empresário é vítima de tentativa de homicídio em Manhuaçuzinho



 

Tamanho da fonte    




O empresário Elvis Augusto de Oliveira, 26 anos foi vítima em um Homicídio Tentado na madrugada desta sexta-feira, 19 na sede de sua empresa no Córrego Manhuaçuzinho.  A DJE Máquinas é especializada na fabricação de secadores e beneficiadores de café.
 
A Polícia Militar acredita que o empresário possa ter sido surpreendido enquanto dormia em um quarto localizado no segundo andar de sua empresa.
 
Os indícios apontam que os autores entraram pelos fundos da empresa e de posse de um pé de cabra arrombaram a porta do quarto onde renderam e agrediram a vítima, vindo a golpea-lo diversas vezes na cabeça.
 
O empresário foi encontrado logo pela manhã por um funcionário que estranhou o fato da empresa ainda encontrar-se fechada, o funcionário relatou que chamou várias vezes pelo empresário,  como ele não respondeu os chamados do funcionário, este por sua vez pulou o portão da empresa e foi até o segundo andar para averiguar o que estaria acontecendo, ocasião em que encontrou Elvis caído no piso do quarto em meio a uma grande poça de sangue.
 
O funcionário acionou o Corpo de Bombeiros e a Policia Militar que compareceram rapidamente no local, Elvis foi socorrido até a UPA – Unidade de Pronto Atendimento onde foi atendido e encaminhado para o HCL – Hospital César Leite em decorrência das graves lesões sofridas.
 
Funcionários da empresa informaram que nenhuma máquina, ferramenta ou dinheiro foi subtraído do local, apenas o aparelho Stand Alone onde ficam registradas as imagens do circuito fechado de câmeras de segurança da empresa.
 
A vítima segue internada no HCL onde foram constatadas aproximadamente oito lesões na região da cabeça e fratura da mandíbula. Embora a vítima demonstre muito desorientada, apresenta um pequeno grau de consciência respondendo a estímulos da equipe médica, sendo seu quadro de saúde considerado estável.
 
A Perícia da Polícia Civil foi acionada e compareceu ao local dos fatos onde realizou os trabalhos de praxe. A Polícia Militar busca informações que possam ajudar a identificar os autores para que sejam apresentado para a justiça.   
 
Jacqueline Dutra de Carvalho/Portal Vilanova
 
Envie notícias, fotos e vídeos para o nosso WhatsApp (33) 99906-5656













}