Escola Estadual João Xavier é invadida durante a madrugada e tem notebooks furtados



 

Tamanho da fonte    




A Escola Estadual João Xavier da Costa localizada no bairro Engenho da Serra em Manhuaçu foi invadida por três indivíduos na madrugada desta terça-feira, 03/10. A sala do laboratório de informática foi arrombada e 17 notebooks foram furtados, sendo que 15 já foram recuperados. Um data show, teclados e mouses também foram levados.
 
Câmeras de segurança ao redor da escola ajudarão a identificar os autores do furto. Já se sabe que um deles é aluno da escola. Os indivíduos escalaram 2 andares para chegar até a sala de informática, onde quebraram o vidro da janela e invadiram.
 
A diretora Maria Freitas, manifestou tristeza devido a situação. “Uma situação que nos deixa realmente imobilizados, porque a gente toma tanto tempo da nossa vida, do nosso trabalho, para poder construir uma escola melhor para a sociedade e para a comunidade escolar e nos deparamos com os próprios indivíduos, aluno da escola, invadindo o laboratório de informática”, diz.
 
A escola também desenvolve trabalho voltado para a comunidade com educação integrada, atendendo a 430 alunos, sendo que 100 estão inseridos na educação integrada. “A comunidade responde bem. A gente não pode falar que a comunidade como um todo não leva a sério o trabalho da escola”, esclarece a diretora. “Sempre tem essas pessoas ociosas na comunidade que vivem de vícios e buscam se apropriar daquilo que não lhes pertencem”, completa.
 
A diretora ainda pede a ajuda das comunidades adjacentes para que ajudem a localizar os outros dois notebooks que ainda não foram recuperados. “Pedimos ajuda a toda comunidade escolar, porque com certeza esses indivíduos vão tentar vender ou passar para frente algum desses notebooks. Eles são da Escola João Xavier, são patrimônio do estado, e vão fazer falta para o andamento dos trabalhos da nossa escola”, conclui.
 
Tribuna do Leste













}