Estátua do Cafeicultor passa por restauração



 

Tamanho da fonte    




Começou na manhã desta quarta-feira, 30/03, o trabalho de restauração do monumento ao cafeicultor. A obra completou 12 anos de existência e nunca passou por nenhum tipo de melhoria.
 
Com oito metros de altura, o principal cartão postal de Manhuaçu é uma grande atração turística. É comum encontrar pessoas que transitam pela rodovia fazendo uma parada para um registro fotográfico. Inaugurado no ano de 2004, o monumento recebe essa intervenção pelas mãos do experiente artista plástico João Rosendo. Foi o talentoso morador da vizinha cidade de Manhumirim que fez esse e outros monumentos importantes pelo país. “Com o início desta restauração fica claro o interesse da cidade em preservar seu patrimônio cultural. Quero parabenizar o prefeito Nailton Heringer e a secretária de Cultura e Turismo, Mariza Klein, por esta iniciativa” – disse João Rosendo.
 
Todo feito em fibra de vidro, com estrutura interna de concreto e ferragem, o monumento deve ser restaurado totalmente em quarenta dias. “Eu estou muito feliz com o início da restauração. Aqui em Manhuaçu nós valorizamos e conservamos nossa cultura e nosso patrimônio. Todos os nossos monumentos, como esse do cafeicultor, o bandeirante e outros mais, estão no inventário do patrimônio cultural do estado de Minas Gerais e, com isso, conseguimos recursos para o nosso trabalho de conservação”- informou Mariza Klein, secretária de Cultura e Turismo.
 
A equipe de restauração do artista plástico João Rosendo fez trabalho parecido com outro importante monumento regional. Na cidade de Caratinga, a estátua do Menino Maluquinho, personagem criado pelo escritor Ziraldo, foi construído no mesmo período que o monumento ao cafeicultor e já passou por duas restaurações. “Em Caratinga o retorno foi grande. A restauração do Menino Maluquinho ganhou destaque na mídia nacional e a cidade ganhou muito no aspecto turístico. Acredito que em Manhuaçu não vai ser diferente. Pude comprovar isso no pouco tempo que estou aqui no trevo, onde várias pessoas passaram e quiseram fotografar o antes e o depois da restauração” – garantiu o artista.
 
O monumento ao cafeicultor fica em um local estratégico, em um dos principais trevos da cidade, que também foi reformado recentemente pelo Governo de Manhuaçu. Milhares de pessoas trafegam nesta região todos os dias e, com as melhorias realizadas, encontram mais segurança e um belo visual para contemplar.
 
Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu













}