Estrutura física da cozinha e lavanderia da saúde passa por reforma



 

Tamanho da fonte    




Cada vez mais a Secretaria Municipal de Saúde está proporcionando ambientes saudáveis, com condições físicas e estruturais para a execução do trabalho, colaborando para a saúde e o conforto dos funcionários,fatores que refletem no desempenho de cada um.
 
Em paralelo com as condições físicas e estruturais, estão a reforma da cozinha, lavanderia, refeitório e almoxarifado da Secretaria Municipal de Saúde.Todas as repartições foram reformadas nas partes internas e externas. A modificação em todos os setores supõe mudanças também na maneira como as atividades se dão. O trabalho foi intenso e teve parceria do Setor de Compras, e equipe de manutenção da Secretaria Municipal de Saúde.
 
Inaugurada em setembro de 2010, a cozinha do SUS nunca havia passado por uma reforma. Ao assumir a Secretaria Municipal de Saúde, Dra. Karina Gama dos Santos Sales estabeleceu que houvesse a atenção voltada para a reforma,visto que,o local precisava de extremo cuidado para manter a boa qualidade da alimentação. O refeitório também ganhou “cara nova”, lavanderia, para atender as normas legais. O desafio maior foi o de tornar o ambiente interessante, vibrante e confortável para quem trabalha e frequenta assiduamente.
 
A nutricionista, Karina Cerqueira de Carvalho Garcia, acompanha diariamente a elaboração do cardápio na cozinha do SUS. Ela explica que a UAN (Unidade de Alimentação e Nutrição)da Secretaria Municipal de Saúde é responsável pela elaboração, produção, distribuição das refeições e lanches, aos pacientes da UPA, acompanhantes e colaboradores de várias unidades da instituição: (CAPS I,CAPS II,CAPS AD,Policlínica, ESF, Farmácia Popular de Manhuaçu, CEAE(Viva Vida) e Vigilância ambiental. 
 
A população atendida pela Unidade de Alimentação e Nutrição é bastante diversificada, tanto com relação à faixa etária, tipos de doenças, hábitos alimentares com relação às pessoas sadias que prestam assistência aos pacientes. “Trabalhamos para fornecer refeições e lanches balanceados, visando auxiliar na recuperação do paciente, e na satisfação dos nossos colaboradores”, explica a nutricionista, Karina Cerqueira de Carvalho Garcia. Garantir a segurança alimentar também é um dos objetivos da Unidade, desde a compra e o recebimento da matéria-prima até a sua preparação e distribuição.
 
A Secretária de Saúde, Dra Karina Gama dos Santos Sales, ressalta ainda, que estas e outras mudanças acontecem para melhorar o ambiente de trabalho, e garantir a qualidade dos produtos elaborados. Reitera que, o apoio incondicional da prefeita Cici Magalhães tem sido fundamental para que todas estas melhorias sejam realizadas.
 
Hoje, a unidade fornece em média cinco mil refeições e 27 lanches especiais ao mês. Diariamente, os pacientes recebem duas refeições (almoço e janta) e três lanches. Os colaboradores recebem almoço e janta, café da manhã, café da tarde e café da noite. A unidade serve as refeições de rotina, que são as dietas livres e sopas, também as especiais (branda, hipossódica, para diabetes, doenças renais entre outras). Além das refeições e lanche, é fornecida também a dieta enteral (alimentação administrada por sonda), aos pacientes internados.
 
Uma equipe especial
 
A Unidade de Alimentação e Nutrição é composta por uma nutricionista, uma assistente social, duas cozinheiras e sete auxiliares de cozinha. Todos os dias, a equipe inicia as atividades às 5:30 e encerra às 21hs, sempre com a sensação do dever cumprido.
 
Assessoria de Comunicação













}