Exposição Mangalarga Marchador movimenta Manhuaçu



 

Tamanho da fonte    




Durante quatro dias, o Parque de Exposições localizado no bairro Ponte da Aldeia ficou movimentado. Tudo isso graças à presença de montadores e criadores de cavalos Mangalarga Marchadores, que participaram da primeira exposição especializada do Cavalo Mangalarga Marchador e Concurso de Marcha. O evento, Promovido pelo Núcleo Mangalarga Marchador Pico da Bandeira, contou com o apoio da Prefeitura de Manhuaçu, através da Secretaria de Agricultura, e reuniu participantes de várias regiões e de outros Estados.
 
A exposição apresentou animais de alto nível e valores, dentro de um padrão elevado em se tratando de animal de competição nacional.
 
Os cavalos que desfilaram na área de exibição disputam campeonato em diversas categorias. Em Manhuaçu, o julgamento na Morfologia ficou sob a responsabilidade do árbitro, Carlos Augusto Cunha Sacchi. Andamento, o julgamento foi feito pelo árbitro, Felipe Homem de Faria. Para isso, o Parque de Exposições foi preparado de forma adequada a atender as necessidades de cada expositor, que sempre tem sua peculiaridade para tratar seu animal.
 
Segundo o presidente do Núcleo Pico da Bandeira, Emerson Clayton Pereira, todos os esforços foram concentrados para recepcionar os mais de 40 criadores de quatro estados brasileiros. Emerson Clayton detalha que passaram pelo Parque de Exposições nesses quatro dias, animais premiados de vários haras de Minas Gerais e outros três Estados.  "Com isso, a cidade ganhou notoriedade e bem movimentada, quando o evento é voltado para o Mangalarga Marchador. Mais de 120 animais valiosos passaram por aqui", diz Emerson Clayton Pereira. O vice presidente do Núcleo, Antônio Carlos Berçot Afonso (Carlinho da Mercearia) também enalteceu a realização do evento, que teve o apoio de várias pessoas, patrocinadores e a presença de criadores de várias regiões. O presidente do Núcleo Pico da Bandeira, Emerson Clayton fez questão de dirigir agradecimento especial ao Secretário Municipal de Agricultura, Sandro Tavares, que não mediu esforços para garantir o apoio logístico aos participantes no Parque de Exposições.
 
Último dia
 
A primeira exposição que teve início na quinta-feira (25) com provas, que se estenderam até sexta-feira (26). No sábado (27), aconteceu a exposição de cavalos Mangalarga e provas de baliza, com a participação de amazonas, prova de marcha, dentre outras.
 
Domingo (28) aconteceu o famoso "poeirão", em que há apresentações diversas. Sob o olhar do árbitro Andamento, Felipe Homem de Faria, com a avaliação detalhada dos animais na pista de exibição, teve tranquilidade para julgar. O primeiro lugar foi para a Fazenda Recreio (Viçosa) e o reservado (segundo lugar) para a cidade de Lajinha (categoria regional). 
 
Para entregar a premiação, a diretoria do Núcleo Pico da Bandeira convidou o prefeito, Nailton Heringer, acompanhado do secretário de Agricultura, Sandro Tavares, e demais membros do Núcleo. Nailton Heringer enalteceu o esforço de todos os envolvidos no evento,que trouxe a Manhuaçu dezenas de criadores e centenas de visitantes. 
 
Emerson também reconheceu o esforço do secretário de Agricultura, Sandro Tavares, que esteve durante todo o tempo dando suporte ao Núcleo Pico da Bandeira. Na oportunidade, o presidente do Núcleo, Emerson Clayton Pereira agradeceu o apoio irrestrito da Prefeitura Municipal e da Secretaria de Agricultura. 
(foto: Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu)
 
"Esse apoio é fundamental, para que tenhamos força e o incentivo para continuarmos trabalhando com esse tipo de evento. É cansativo, mas com o apoio de todas as coisas são possíveis de acontecer na nossa cidade", destaca Emerson Clayton.
(foto: Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu)
 
Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu













}