Falta de sinalização na Rua Leandro Gonçalves complica a vida de motoristas



 

Tamanho da fonte    




Muitas ruas desenham um verdadeiro labirinto para motoristas, principalmente para aqueles que vêm de outras cidades. Ao transitarem por algumas ruas sem sinalização,muitos acabam pegando a contra mãoimaginando que estão em condição normal.

A falta de sinalização para auxiliar os motoristas está preocupando as pessoas, que assistem diariamente a cena e, às vezes ajudam aos "berros" como se fosse o sinal de alerta. O equívoco é mais frequente entre as ruas Juventino Nunes,Leandro Gonçalves e Olímpio Vargas.

Quem passa pela Rua Desembargador Alonso Starling e desce para tomar direção à Rua Olímpio Vargas, por desconhecer a fluidez do trânsito, acaba tomando sentido a Juventino Nunes.

Os comerciantes das proximidades dizem que a maioria dos condutores que cometem esse deslize é de outras cidades e, às vezes se complicam e complicam o trânsito também. Outros ficam irritados devido à falta de sinalização na área central para auxiliá-los a tomar o sentido correto. Por várias vezes, a reportagem já presenciou essa cena na Rua Leandro Gonçalves, em que motoristas contornam tranquilamente, mesmo percebendo os carros vindos em sentido contrário.

O comerciante Ailton Damasceno conta que, a falta de sinalização é o principal para induzir os motoristas ao erro. Ele salienta ainda, que quando o motorista está na contra mão, acaba colocando o pedestre em risco. Segundo o comerciante, a fiscalização existente no chão não é suficiente para orientar os motoristas oriundos de outras cidades.  "Antes, havia uma placa aqui na esquina (ponte), que ajudava os motoristas a tomarem o sentido correto. Agora, eles viram sentido contrário e ficam na iminência de se envolverem até mesmo em acidente",frisa o comerciante.

Ailton Damasceno relata, que na última quarta-feira (17),por pouco um adolescente não foi colhido por um veículo que desceu e, ao invés de seguir rumo à Rua Olímpio Vargastomou sentido a Juventino Nunes.

 Outras pessoas também relataram à reportagem, que já presenciaram esse tipo de situação e, agora esperam que haja providência por parte das autoridades responsáveis, a estarem estudando a possibilidade da colocação de umaplaca indicativa, a fim de evitar tanto engano por parte dos motoristas de outras localidades, que mesmo não querendo incorrem no "erro" por falta de sinalização.

Eduardo Satil














}