Funcionários da Prefeitura de Manhuaçu fazem manifestação contra Nailton em Ponte Nova



 

Tamanho da fonte    




Dezenas de funcionários da Prefeitura de Manhuaçu, a maioria deles da área da saúde, promoveram manifestação contra o Prefeito Nailton Heringer, na manhã desta quarta-feira, 02/09, durante realização do Fórum Território do Caparaó, que aconteceu em Ponte Nova.

Segurando faixas, cartazes e promovendo apitaço, os servidores tentavam chamara a atenção do Prefeito sobre a questão do aumento na carga horária de trabalho.

O representante do Sindicato dos Servidores Públicos, Jaime Rodrigues Ferreira, explicou a situação. "Foi uma falta de cumprimento de acordo que o prefeito fez com a gente no dia 28 de maio quando nós tivemos uma reunião com ele a respeito da "famosa carga horária", conversamos com ele, falamos com ele da situação de cada servidor, tanto na área de saúde quanto na área de educação, e ele firmou um acordo com a gente que estaria fazendo uma consulta com o Tribunal de Contas, e após esta consulta ele então chamaria o sindicato novamente para ter um fim nessa carga horária", comentou.

"Nós tivemos conhecimento na quinta-feira passada, através do procurador Dr. Antônio e em contato com o nosso assessor jurídico Dr. Glauber, informou que não havia feito consulta ao Tribunal, então logo tivemos essa informação e tentamos agendar uma reunião com o prefeito na sexta-feira e ficamos aguardando respostas. O assessor de gabinete dele também não deu retorno pra nós da reunião, e como os servidores tem pressa na situação do prejuízo financeiro e moral, os servidores resolveram vir aqui em Ponte Nova para tentar ver se conseguem uma agenda com o prefeito para discutir o assunto", acrescentou Jaime.

(foto: Geilson Dangelo)

O representante do sindicato também disse: "Uma coisa já é certa. O não cumprimento da palavra dele em relação a consulta ao Tribunal. Nós mesmos fizemos a consulta e temos consultas em mãos e ele por parte da prefeitura não cumpriu o acordo e já estabeleceu com o seu secretário uma regulamentação de carga horária nova para os servidores da saúde também. Todas as secretarias foram atingidas com esse novo decreto dele. Estamos querendo corrigir esta situação, se ele não abrir o diálogo a tendência do sindicato é só aumentar a manifestação em todos os lugares que ele estiver presente", finalizou Jaime.

Apesar de todo esforço para conversar com o prefeito, Nailton saiu sem atender aos servidores.

De acordo com os manifestantes, irão pedir ajuda dos vereadores durante reunião ordinária que acontecerá na noite desta quinta-feira, 03/09.

Geilson Dangelo














}