Fundação Espírita Rodolfo Henrique oferece aulas de Esperanto em Manhuaçu



 

Tamanho da fonte    




Quem quiser se aprofundar no Esperanto - uma língua fácil de ser aprendida e com o propósito da paz mundial - encontra essa oportunidade em Manhuaçu.
 
O Esperanto foi uma das poucas línguas que conseguiram sobreviver, tendo já completado um século de existência! Falado por milhões de pessoas no mundo inteiro, o Esperanto é uma língua internacional, neutra e um eficiente instrumento para a preservação de todas as línguas e culturas do globo.
 
A ideia-base do Esperanto foi lançada pelo médico polonês aos 28 anos, Dr. Lázaro Zamenhof, em 1887, há mais de 125 anos. Desde então, o projeto de língua planejada transformou-se em uma língua viva, com cultura própria.
 
O Esperanto não pertence a nenhuma nação e pertence a todos. A proposta do Esperanto é que cada povo continue a falar sua língua materna e use o Esperanto nas comunicações internacionais.
 
No mundo, existem mais de seis mil línguas, e o Esperanto está entre as 300 línguas mais faladas. Apesar de não existir um país que fale apenas Esperanto, ele está presente em 115 países e é provavelmente a terceira língua geograficamente mais bem distribuída.
 
A Enciclopédia Britannica estima que mais de 100 mil pessoas usem o idioma em todo o mundo. Já a Ethnologue: línguas do mundo, uma das mais importantes enciclopédias sobre línguas, considera que existam, hoje, cerca de dois milhões de falantes com fluência nível C1, isto é, quase nativa.
 
Outras informações na Fundação Espírita Rodolfo Henrique, à Rua. Prof. Juventino Nunes 148, no Centro de Manhuaçu. Telefone 33 3331-3031 ou www.esperanto.com.br e www.esperanto.org.br.
 
Manhuacu.com
 
Envie notícias, fotos e vídeos para o nosso WhatsApp (33) 99906-5656













}