Homem baleado no Bairro Matinha era foragido da Justiça



 

Tamanho da fonte    




A tentativa de homicídio registrada na madrugada de sábado, 29/07, na Avenida Palmeiras, no Bairro Matinha teve mais um capítulo. O fato ocorreu durante um churrasco, na chácara alugada pela vítima, que havia chegado há quatro dias em Manhuaçu. Para comemorar a nova casa, convidou amigos para um momento de confraternização. Mas, quando estava no quarto com uma garota foi surpreendido por uma pessoa que efetuou disparos de pistola contra a vítima, que foi ferida no braço.
 
No Pronto Atendimento, Relber Cassiano, 30 anos, informou à polícia que veio do Rio de Janeiro há quatro dias, alugou uma chácara na Avenida Palmeiras, onde está morando. Disse que não conseguiu identificar o atirador, pois na casa chegaram pessoas desconhecidas para participar do churrasco. No local do crime, a perícia técnica da Polícia Civil apreendeu no local, dois estojos vazios de calibre 9 milímetros e uma munição percutida que estava caída no corredor. Uma faca com manchas de sangue, uma pulseira e um cordão de prata foram recolhidos.
 
Durante diligências a fim de esclarecer a tentativa de homicídio, a polícia constatou através do Banco de Nacional de Mandado de Prisões do Conselho Nacional de Justiça, que havia um mandado de prisão da justiça de Barra Mansa, expedido no dia 10 de maio desse ano contra a vítima, que agora está à disposição da Justiça.
 
Tribuna do Leste













}