Homem é morto em Rio Casca e autor alega estar sofrendo ameaças



 

Tamanho da fonte    




Geraldo Bento Barbosa " Geraldo Tucano", 53 anos, foi morto na tarde desta terça-feira, 21/02, em Rio Casca. O acusado pelo crime, um homem de 49 anos, foi encontrado pela Polícia Militar e confessou a ação.
 
A PM deparou com a vítima caída na calçada apresentando um ferimento nas costas causado por tiro de arma de fogo. Ele foi socorrido ao Hospital Nossa Senhora da Conceição, foi atendido e não resistiu. Morreu por volta de 14h30 - uma hora depois do crime.
 
Populares relataram que o autor do disparo estava trajando uma calça jeans, camisa cinza e chapéu colorido.
 
Durante rastreamento, o suspeito foi visto entrando no portão de uma residência. O homem foi alcançado e preso ainda com um revólver.
 
Questionado sobre os fatos, o suspeito afirmou que tinha medo da vítima, que constantemente sofria ameaças de morte por parte da vítima e, há aproximadamente seis anos, o mesmo teria matado seu tio.
 
Segundo o suspeito, nesta tarde, deparou com Geraldo na Praça João Camilo e novamente ele o ameaçou de morte. O homem contou que ele disse que iria matá-lo e em seguida mataria seus familiares.
 
Diante das ameaças, o autor então sacou uma arma de fogo e efetuou um disparo na direção de Geraldo.
 
Após o fato, saiu correndo com medo da vítima, que o perseguiu por alguns metros.
 
Sempre afirmando ter medo da vítima, o autor alegou a polícia que senão o matasse agora, iria ser morto pela vítima a qualquer hora.
 
O autor foi conduzido a Delegacia de Polícia de Rio Casca.
 
Manhuacu.com/com informações da PM
 
Envie notícias, fotos e vídeos para o nosso WhatsApp (33) 99906-5656













}