Homem leva tiro por dívida de drogas no Santa Terezinha



 

Tamanho da fonte    




“Mata, mata logo”. Assim relatou a vítima de 31 anos à polícia depois de levar um tiro e ficar caída na Rua José Soares Pires (terminal rodoviário), em Manhuaçu. Com a chegada dos Bombeiros foi detectado que o tiro atingiu o fêmur do rapaz, que foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento. Ele disse que foi surpreendido por dois desconhecidos quando estava em um beco, no bairro Engenho da Serra consumindo drogas.
 
Desconfiados da situação, militares retornaram ontem à tarde à UPA, e durante conversa com a vítima do disparo contou que subia as vielas do bairro Santa Terezinha carregando um aparelho DVD para trocar em drogas. Ao chegar na Rua São Mateus foi surpreendido por dois suspeitos que haviam cobrado uma dívida de R$10,00 que haviam dado prazo até 00:00h de sábado para que a dívida fosse quitada.
 
Segundo a vítima, ele não conseguiu encontrá-los nesse período e, diante disso, a dupla disse que não queriam mais o dinheiro, mas lhe dariam uma lição para não ficar devendo a ninguém. “Nesse instante, comecei a ser agredido pelos dois, cai no chão de dor, e vi que o menor entregou a arma ao comparsa e determinasse que matasse logo”, contou a vítima temerosa.
 
Ao ser atingido, o rapaz ficou deitado e fingiu que estava desmaiado. Enquanto isso, os suspeitos fugiram sem deixar pista. A polícia levantou o endereço, as circunstâncias e fez buscas nos locais indicados pela vítima, mas os suspeitos não foram localizados.
 
Tribuna do Leste













}