IF Sudeste MG: Câmpus Manhuaçu entra em funcionamento



 

Tamanho da fonte    




Com os 60 primeiros alunos da unidade reunidos, o IF Sudeste/MG – Câmpus Manhuaçu deu início às atividades acadêmicas no último mês de dezembro. Os estudantes, que iniciaram os cursos de Cuidador de Idosos e Auxiliar de Tesouraria, na modalidade de Formação Inicial e Continuada (FIC), foram recepcionados em aula inaugural pelo diretor-geral e professores.
 
Em novembro, as primeiras obras de estruturação da unidade em Realeza foram finalizadas. Essa obra englobou a reforma do antigo prédio e a construção de novos ambientes (banheiros, cantina, salas de aula etc). Também já foram iniciadas as devidas movimentações para início dos projetos de ampliação do câmpus (Unidades Urbana e Rural).
 
De acordo com o diretor-geral do câmpus, Aluisio de Oliveira, ainda este mês chegarão mais três professores efetivos, complementando a equipe que hoje já conta com professores bolsistas contratados para os cursos FIC. As demais vagas serão preenchidas através de concursos. “Há uma grande expectativa em relação à liberação de novas vagas para a composição do quadro de servidores, contudo, infelizmente, ainda não temos essa definição (quantitativo/áreas)”, considerou o diretor.
 
O objetivo para o primeiro semestre de 2015 é ofertar novos cursos FIC por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), dentre esses: Almoxarife, Auxiliar Administrativo, Operador de Caixa, Promotor de Vendas, e Recepcionista. Esses cursos são oriundos de uma demanda levantada pela Prefeitura Municipal e dependem de pactuação junto à Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec/MEC). No segundo semestre está prevista, também, a oferta do curso Técnico em Agricultura.
 
Segundo o diretor-geral, por se tratar de uma unidade ‘nova’, são muitos os desafios. Dentre os quais destacou: a necessidade de estruturação administrativa e pedagógica do câmpus, definição e implementação dos cursos técnicos/superiores e o planejamento e realização das obras de expansão do câmpus (unidade urbana e rural). “Contudo, mesmo diante de tantos desafios, estamos motivados. Somos a única instituição de ensino técnico e tecnológico gratuito na região, condição que aliada a excelência de ensino do IF Sudeste MG, sem dúvidas, nos proporcionará grandes resultados”, destacou.
 
Assessoria de Comunicação