Jovem é agredida e tem carro roubado em Manhuaçu; acidente é registrado após o assalto



 

Tamanho da fonte    




De acordo com o boletim de ocorrência, na madrugada dessa quinta-feira, o menor que estava sentado levantou e foi na direção da jovem, outros dois indivíduos apareceram e a cercaram, o que estava sentado mostrou o cabo de um objeto, dizendo ?perdeu, nós vamos levar o carro?.
 
A jovem reagiu, tentando empurrar um dos autores e sair com o veículo, pensando que a arma não era de verdade.
 
Contudo, o menor que estava com o objeto desferiu um golpe em sua cabeça e o outro a puxou de dentro do veículo pelos pés.
 
O amigo da vítima, que também estava no veículo, disse que se preocupou com a integridade física da jovem e por isso não prestou atenção nas características dos autores. Eles fugiram sentido BR 262 levando o veículo.
 
A jovem e o amigo foram socorridos por testemunhas. Eles foram encaminhados a UPA com ferimentos. Após medicados foram liberados.
 
Na UPA estava a viatura da PM, policiais tomaram conhecimento do fato e transmitiram os dados na rede de rádio iniciando os rastreamentos. A vítima conseguiu visualizar o trajeto do carro pelo computador usando sinal de GPS do celular, que ficou no interior do veículo.
 
Foi verificado que após o roubo, o veículo se deslocou para cidade de Reduto e depois pela estrada vicinal sentido MG 111, quando o sinal de GPS foi perdido.
 
Acidente na fuga
 
Durante rastreamento, a PM foi informada que três indivíduos estavam em um Pálio Preto e colidiram contra uma árvore às margens da estrada. Eles haviam fugido a pé em direção ao distrito de Palmeiras.
 
Indo ao local, a PM encontrou o veículo acidentado. Ao deslocar para o distrito os militares localizaram os três suspeitos andando pelas ruas, ao avistarem a viatura fugiram, pulando muros de residências e atravessando um riacho e pastagem.
 
Durante a fuga eles abandonaram uma blusa de moletom, um boné, um guarda-chuva e um aparelho de som automotivo. Após perseguição, os três suspeitos foram alcançados e capturados.
 
Ameaças
 
Um dos suspeitos, que portava a arma de fogo, chegou apontá-la para populares que tentavam contê-lo.
 
Já em meio ao matagal, quando ainda estava sendo seguidos pelos militares, foi ordenado que o infrator parasse e largasse a arma, tendo ele apontado o cano da arma de fogo em direção dos policiais.
 
A polícia efetuou um disparo, sem atingir o infrator, a fim de cessar a agressão. O autor deixou a arma no chão, iniciando nova tentativa de fuga, porém ele foi capturado após alguns metros.
 
Todos os envolvidos foram detidos e conduzidos a UPA, onde receberam atendimento médico, e posteriormente encaminhados a delegacia de polícia.
 
Tribuna do Leste













}