Jovem é morta a facadas em Santo Amaro



 

Tamanho da fonte    




A jovem Valeria Moreira Dornelas, 21 anos, foi assassinada, na tarde desta sexta-feira, 27/01, a facadas, dentro do estabelecimento onde ela trabalhava, no Distrito de Santo Amaro de Minas, em Manhuaçu.

De acordo com as primeiras informações, o autor Ia Marin, 52 anos, que é andarilho e usuário de drogas e bebidas deu uma facada no pescoço da vítima que não resistiu e morreu na UPA em Manhuaçu.

O autor chegou no estabelecimento para fazer uma compra. Em conversa com a jovem, ela falou sobre uma dívida que existia, ele armado com uma faca e contrariado com o questionamento desferiu os golpes de faca contra a jovem. O homem disse que havia feito ingestão de bebida alcoólica.

Já alguns moradores de Santo Amaro afirmaram que o motivo é bem diferente. Ele estaria assediando Valéria desde que chegou à comunidade e ficava em frente a loja onde ela trabalhava.

Após o crime, o acusado foi transferido pela polícia para a sede da companhia da PM no Distrito de Realeza, pois a comunidade queria fazer justiça com as próprias mãos. O acusado disse estar arrependido do crime.

Na delegacia, apesar do forte cheiro de cachaça, ele alegou que estava arrependido e que "ficou enfurecido quando foi questionado sobre uma nota que devia na loja". Ele afirmou que foi ao local para comprar um tênis. Apesar de já estar com a faca.

A comunidade de Santo Amaro ficou revoltada. Valéria era muito carismática, trabalhadora e querida no distrito. Segundo alguns moradores, o autor nem devia na loja e a versão dele seria falsa.

A família do autor é do Estado de São Paulo e ele vivia pelas ruas de Santo Amaro de Minas.

Manhuacu.com/com informações da PM

Envie notícias, fotos e vídeos para o nosso WhatsApp (33) 99906-5656














}