Jovem motoqueiro disputou mais de 40 competições e pontuou em 36 delas



 

Tamanho da fonte    




O jovem motoqueiro natural do Distrito de São Pedro do Avaí, em Manhuaçu, José Ronaldo Dutra Filho, 17 anos, já conhecido como “Ratinho do Motocross”, está se despontando na modalidade vencendo em diversas categorias e até mesmo naquelas superiores à sua idade.

Ele já disputou mais de 40 campeonatos e só não pontuou em apenas quatro delas. Participa das categorias MX1, MX2 e MX PRO 250 cilindradas a qual corre contra motoqueiros de 450cc.

Em Minas Gerais foram diversas participações. E não para por aí. Também participou de corridas no Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia. Segundo “Ratinho do Motocross”, uma das competições mais difíceis foi em Itamarantiba/MG, onde correu na MX Pro e ficou em segundo lugar. Recentemente esteve nas três baterias em Alto Caparaó que também foram bastante disputadas.

(foto: Manhuacu.com)

“Comecei com 16 anos e amo o esporte. Tenho medo, mas quando ouço o barulho do motor, a adrenalina sobe e me esqueço de tudo. Fico focado somente na corrida. Quero me aperfeiçoar cada vez mais a fim de levar o nome da minha cidade em todos os lugares por onde eu passar”, comentou José Ronaldo.

Incentivo

Para José, o adversário nas pistas não é o problema, mas a maior dificuldade é a falta de incentivo e patrocínio. “O custo é muito alto para participar dos campeonatos. Como exemplo, apenas em Alto Caparaó, no domingo, gastamos média de 600 reais em equipamentos e somando com alimentação e gasolina, foram 2 mil reais. Estou em busca de ajuda financeira”, apontou.

Quem puder ajudar esse talento de Manhuaçu, os telefones para contato são: 33 3378-5361 / 8431-9656.

(foto: Manhuacu.com)

Coração de mãe

A adrenalina sobe também fora das pistas. De acordo com a mãe do motoqueiro, Marinete Carmem de Paula Dutra, o coração sai pela boca. “Faço uma oração junto com ele antes de começar a corrida. A emoção é tanta que é difícil até falar. A gente grita e pula. Se pudesse ajudar a empurrar a moto, até faria isto”, brincou.

“Gostaria de agradecer também o incentivo do vereador Jânio Garcia Mendes que está ao nosso lado ajudando o José”, agradeceu.

(foto: Manhuacu.com)

Preparo físico

A fim de buscar alto desempenho na competição, o “Ratinho do Motocross" também conta com a ajuda do amigo e preparador físico, Gilberto Lopes. “Treinamos sete dias na semana, temos uma alimentação balanceada, apesar de não ter uma nutricionista e que precisamos muito também. Fazemos exercício especifico do motocross e trabalhamos o psicológico”, explicou.

(foto: Manhuacu.com)

Geilson Dangelo