Lançada a campanha Pró Rio Manhuaçu



 

Tamanho da fonte    




O cenário é desesperador para aqueles que se preocupam com o Rio Manhuaçu. Ao longo dos anos um dos principais ecossistemas da região vem morrendo. Suas águas, antes caudalosas, hoje estão secando rapidamente. Centenas de pessoas sabem do seu verdadeiro significado, enquanto outros se esquecem de contribuir para a sua preservação.
 
Depois de tanta agonia, várias instituições iniciaram uma mobilização a fim de chamar a atenção dos moradores à margem ribeirinha, no sentido de que todos venham participar da campanha de preservação e manutenção do Rio Manhuaçu. A campanha foi lançada na manhã desta segunda-feira, 03/11, e foi alavancada pelo Comitê Bacia Hidrográfica Rio Manhuaçu, Polícia Militar de Meio Ambiente,SAAE, Secretarias Municipais de Agricultura, Obras, SAMAL, ONG Pró-Rio Manhuaçu e alunos da Escola Estadual Maria de Lucca Pinto Coelho. Essas entidades pretendem discutir e levar a ideia para as faculdades, escolas e junto às famílias, para se unirem em prol do projeto de preservação do rio, que um dia foi chamado de “Rio Grande”.
 
Durante o lançamento da campanha, representantes das instituições expressaram muita preocupação para com o quadro atual. O Rio está morrendo à vista de todos. Ainda assim, alguns moradores à margem ribeirinha continuam jogando dejetos e lixo em seu leito. O prefeito Nailton Heringer também participou das ações no centro da cidade. Ele disse estar motivado ao ver o envolvimento das instituições que estão voltadas para defenderem o meio ambiente. Segundo Nailton Heringer, o papel de cada pessoa é fundamental nesse momento, em que todos estão com a vontade de ajudar a salvar o rio Manhuaçu. “Todos nós precisamos participar. A administração municipal está abraçando essa causa tão nobre, para salvar o nosso rio que pede por socorro”, disse Nailton Heringer.
 
Entidades unidas
 
Para a presidente do Comitê Bacia Hidrográfica, Isaura da Paixão, a mobilização consiste em todos abraçarem a causa e terem um compromisso com a preservação do rio. “É importante que todos estejam envolvidos, já que pretendemos ter uma campanha contínua. E o resultado só virá, se todos os moradores ajudarem no dia a dia da nossa caminhada”, destaca Isaura da Paixão.
 
Para a concretização da ideia, o diretor da ONG Pró-Rio Manhuaçu, Alisson Sad, acredita que somente com o apoio de cada cidadão esta batalha pode ser vencida. Ele ressalta que todos os esforços devem concentrar para que essa campanha permanente chegue a todos os lugares e, que as pessoas abracem essa causa, estabelecendo parceria forte a garantir o sucesso. “A outra batalha da ONG é o resgate da paisagem da cidade. É fundamental para que a nossa querida Manhuaçu seja vista como ela realmente é. Assim, o município só tem a ganhar com o novo visual e, ser conhecida popularmente como Cidade Limpa", explica Alisson Sad. 
(foto: Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu)
 
A fiscalização sobre a degradação ambiental será realizada pela Polícia Militar de Meio Ambiente. Para o comandante do Grupamento da Polícia Militar Ambiental, tenente Xerxes, a falta de consciência é um dos principais motivos para que a situação piore. “Cada um fazendo sua parte, atuando como fiscais do meio ambiente, denunciando as pessoas que promovem a degradação ambiental, poderemos avançar de forma significativa no trabalho de preservação permanente”, disse o oficial.
(foto: Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu)
 
Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu













}