Lideranças se licenciam dos cargos e movimentam bastidores da política de Manhuaçu



 

Tamanho da fonte    




As eleições municipais deste ano começam a ganhar forma com a licença de gestores, que anunciaram pré-candidatura aos cargos de prefeito, vice e vereador. No dia 2 de junho, em cumprimento à Lei Eleitoral, que determina afastamento de pelo menos quatro meses antes das eleições, seis lideranças tomaram a decisão e colocaram seus nomes à aprovação de seus respetivos grupos políticos.

A diretora da Gerência Regional de Saúde, Cici Magalhães, se licenciou do cargo para concorrer no processo pré-eleitoral para a Prefeitura de Manhuaçu. Em seu lugar assume Maria Das Graças Lima Brandão. Pré-candidata a prefeitura de Manhuaçu, Cici agora volta suas ações para a conjuntura política que poderá apoiar sua candidatura. Ela vai disputar a cadeira do Executivo pelo PMDB.

O presidente da Associação Comercial, Industrial e de Agronegócios de Manhuaçu (ACIAM), Silvério Afonso, se licenciou do cargo para concorrer no processo pré-eleitoral para a Prefeitura de Manhuaçu. Enquanto perdurar a licença, que vai até outubro, a ACIAM será presidida interinamente pelo empresário Marcel Magalhães Dutra.

O secretário municipal de Obras, João Amâncio, também se licenciou do cargo e deve ser anunciado como candidato a vice-prefeito de Manhuaçu na chapa do atual chefe do Poder Executivo, Nailton Heringer. Uelizer Nacari assume a pasta na ausência de João Amâncio.

Outro que se licenciou de cargo comissionado na Prefeitura de Manhuaçu é o secretário de Comunicação, Senisi Rocha. Ele deve se candidatar ao cargo de vereador pelo mesmo partido do prefeito, o PDT. Persin Grazie assumiu interinamente a pasta.

Dois presidentes de sindicatos anunciaram pré-candidatura a cargo no Legislativo Municipal. São eles: Jaime Rodrigues, presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Manhuaçu (SINTRAM); e Adalto Abreu, presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Comércio de Manhuaçu (SINTRACOM).

Diário de Manhuaçu