Mãe de aluno do CAIC pede melhorias na escola e critica atitudes do prefeito



 

Tamanho da fonte    




Durante reunião ordinária da Câmara Municipal de Manhuaçu, na manhã desta quinta-feira, 20, a Presidente do Conselho Escolar e mãe de aluno, Lucelí Costa, apresentou diversos problemas envolvendo o CAIC, pediu providências quanto a melhorias na estrutura física, merenda e material escolar. Além disto, ela fez duras críticas a falta de ação do Prefeito de Manhuaçu, Nailton Heringer, e a Secretária de Educação, Gelvania Marques.

“Não sei nem falar direito, mas está doendo muito. O prefeito disse estar presente e hoje está igual fantasma. O prefeito está tirando tudo dos humildes, pois pessoas que têm condições de pagar não vão para o CAIC. A estrutura da escola é excelente, mas está faltando alguém na direção para melhorar, as crianças estão perdendo o desejo de estudar. Peço a todos que visitem o CAIC, pois precisamos do mínimo de dignidade. Tem sentimentos que não precisa escrever, pois já está visível demais. Eu não tive oportunidade de estudar, mas aprendi que todos devem ser bem tratados. Não estamos tendo respeito do prefeito e de pessoas que estão no poder. Estamos querendo o mínimo de respeito”, desabafou a denunciante.

Lucelí acrescentou: “As crianças são o futuro, temos que cuidar delas. Num é construir prisão não, é construir escola para todos. É obrigação da prefeitura dar estudo para as crianças. Não estou sendo manipulada por ninguém. Gostaria de conhecer a secretária de educação, pois marquei reunião com ela, porém fiquei a manhã toda esperando e não consegui falar com ela. Então peço o conceito de educação para ela”, relatou.

Lucelí pediu empenho da administração a fim de melhorar as condições da escola (foto: Divulgação)

A Presidente do Conselho Escolar ainda citou diversos problemas que apareceram na escola. “Água parada, portas quebradas, banheiros com portas enferrujadas, uma torneira para 200 crianças lavarem as mãos, buraco na cozinha, refeitório sem condições, merenda quando chega é muito pouco”, descreveu.

Banheiros sem condições ideais de atender os alunos no CAIC (foto: Divulgação)

Ao final do depoimento, Lucelí disse estar indignada com a situação e lembrou a boa atuação do ex-secretário de educação. “Estou representando os pais de Manhuaçu que gostaria de estar aqui falando estas coisas ou mais. Fica aqui minha total indignação e decepção. Gostaria de agradecer ao ex-secretário Eduardo Portilho, pois sempre me atendeu e a atual secretária parece fantasma e não nos recebe”, concluiu.

Geilson Dangelo