Mais dois integrantes da quadrilha de assaltos a bancos foram presos



 

Tamanho da fonte    




Mais dois integrantes da quadrilha denominada "Novo Cangaço", acusada de assaltos a bancos na região e da morto do Cabo Marcos e do Vigilante Leonardo em Santa Margarida, no início do mês, foram presos nesta quarta-feira, 26/07, pela Polícia Civil.
 
Quatro envolvidos foram presos e as investigações continuaram e foram identificados mais um membro e o chefe da organização. Além das duas prisões, foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão em residências de pessoas ligadas à organização criminosa. A operação foi coordenada pela delegacia de Matipó que investiga o caso, com apoio da delegacia de Muriaé.
 
O delegado disse que relatórios de inteligência já apontavam um dos presos nesta quarta, como chefe do grupo desde 2011. Os levantamentos mostraram que o mesmo estava em Santa Margarida num carro prata, dando apoio ao grupo e coordenando a ação. Ademar Pedrosa, conhecido como Ademar Cazel e na quadrilha o chamavam de seu "Zé".
 
O segundo é Marcos Henrique, ele é apontado como "olheiro", dava informações sobre os bancos para a organização criminosa.
 
Também participaram da operação, investigadores de Abre Campo, Tombos, Muriaé, Epsera Feliz, Divino, Manhuaçu e Santa Margarida.
 
Manhuacu.com/com informações da PC













}