Manhuaçu passa a integrar a Rede Brasileira de Banco de Alimentos



 

Tamanho da fonte    




A Secretaria de Agricultura da Prefeitura de Manhuaçu teve seu trabalho reconhecido, mais uma vez, agora com a adesão do município à Rede Brasileira de Bancos de Alimentos. A Portaria foi publicada pela Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, na edição da última quinta-feira, 19/04, do Diário Oficial da União.
 
Em Manhuaçu, o Banco de Alimentos da Secretaria Municipal de Agricultura desempenha um importante papel, especialmente para viabilização do PAA (Programa de Aquisição de Alimentos) e do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar). Sua criação teve como proposta a ampliação do PAA, considerando que a CONAB (Companhia Nacional de Abastecimento) prioriza a inscrição de projetos onde o Banco de Alimentos é instituído. 
 
Manhuaçu também integra a Relba (Rede Leste de Banco de Alimentos), que congrega dezessete municípios da região, em parceria com a Emater. A rede atua em total sintonia com a Rede Brasileira de Alimentos.
 
Instituída pelo MDS (Ministério do Desenvolvimento Social), a Rede Brasileira de Bancos de Alimentos nasceu de parceria estratégica com iniciativas privadas e da sociedade civil para reduzir o desperdício de alimentos e promover o Direito Humano à Alimentação Adequada, mediante a integração regional e nacional das diversas experiências disseminadas de bancos de alimentos pelo país.
 
Entre os objetivos principais, a troca de experiências, fortalecimento e qualificação dos bancos de alimentos; fomentar ações educativas direcionadas à segurança alimentar e nutricional e ao fortalecimento institucional; estimular ações para a redução de perdas e do desperdício de alimentos no país; fomentar pesquisas relacionadas aos bancos de alimentos; estimular políticas e ações públicas de segurança alimentar e nutricional que fortaleçam os bancos de alimentos, além de articular e facilitar negociações estratégicas para os bancos de alimentos.
 
Bom exemplo para o Brasil
 
Em 2017, ainda no primeiro ano de governo, a Prefeita Cici Magalhães representou Manhuaçu na premiação do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Na ocasião, o município conquistou a 14ª colocação nacional e o 2º lugar no Estado de Minas Gerais em concurso realizado pelo FNDE por ‘Boas Práticas da Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar’, após inscrição feita Nutricionista Ana Paula Soares de Aguiar, Responsável Técnica da Secretaria M. de Educação junto ao PNAE. 
O bom exemplo de Manhuaçu para o Brasil passou a constar no caderno ‘Boas Práticas de Agricultura Familiar para a Alimentação Escolar: criatividade e inovação na aplicação da Lei nº 11.947/2009’ (edição 2017), lançado pelo FNDE em Brasília (DF).
 
A Prefeita Cici Magalhães ressalta a importância deste trabalho na agricultura para a geração de renda nas comunidades rurais, a circulação de recursos financeiros no município com fornecedores locais, e, principalmente, quanto à boa qualidade dos alimentos servidos às crianças e adolescentes nas escolas.
 
Secretaria de Comunicação Social – Prefeitura de Manhuaçu













}