Manhuaçu passa a ter voos diários para Belo Horizonte



 

Tamanho da fonte    




A cidade de Manhuaçu passa a contar com voos diários (nos dias úteis) para Belo Horizonte. A novidade foi confirmada pelo Presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), Marco Antônio Castelo Branco, à Prefeita Cici Magalhães e ao deputado João Magalhães. A mudança ainda inclui na mesma linha as cidades de Caratinga e Viçosa.
 
O Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) e da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), inicia uma nova fase do projeto Voe Minas Gerais.
 
A partir de agora, um mesmo voo pousará em Viçosa, Manhuaçu e Caratinga, otimizando o atendimento à região leste, que passa a ter voos de ligação com Belo Horizonte em todos os dias úteis. O atendimento a Poços de Caldas, Varginha e Pouso Alegre também foi consolidado em uma mesma rota, ligando a região Sul à capital com voos em três dias da semana.
 
Passa a ser atendida a cidade de Nanuque, no Vale do Mucuri. Guaxupé, no sudoeste do Estado, está em fase de conclusão dos trâmites exigidos para inclusão da rota ao projeto e será adicionada às rotas posteriormente. A cidade de Ubá, na Zona da Mata, não apresentou procura e média de ocupação suficientes para sustentar a manutenção da rota, tendo sido retirada nesta nova etapa.
 
Nanuque, próxima da divisa de Minas Gerais com a Bahia e o Espírito Santo, tem quatro voos de ligação com a capital, via Teófilo Otoni. Às segundas e quartas à tarde, a aeronave deixa BH com destino ao Vale do Mucuri, para retornar às terças e quintas, pela manhã. O voo tem duração total de duas horas e quinze minutos. O percurso terrestre exige, em média, dez horas.
 
A também limítrofe Guaxupé, na divisa com o estado de São Paulo, terá seis voos semanais de ligação com o Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, passando pela vizinha Passos. Os voos acontecerão às segundas, quartas e sextas, saindo da capital pela manhã e retornando à tarde. A rota será realizada em duas horas, enquanto o trajeto de carro leva em torno de seis horas. Os bilhetes serão vendidos por R$ 530,00 (segunda e quarta) e R$ 550,00 (sexta). O município será incluído assim que finalizados os procedimentos necessários à habilitação da cidade para inserção no Voe Minas gerais.
 
O Voe Minas Gerais é uma iniciativa de fomento ao transporte aéreo regional que tem como fundamento a flexibilidade das rotas, que são desenvolvidas e adaptadas para atender às necessidades locais. Um dos objetivos principais do Voe Minas Gerais é estimular os negócios e o turismo, aproveitando a infraestrutura aeroportuária pública já disponível no Estado.
 
As passagens podem ser obtidas pelo site do projeto, www.voeminasgerais.com.br, ou pelo aplicativo MG App (disponível gratuitamente na Play Store e na Apple Store).
 
Carlos Henrique Cruz













}