MANHUACU.COM - Matheus Ceará, humorista da ‘Praça é Nossa’, se apresenta em Manhuaçu

Matheus Ceará, humorista da ‘Praça é Nossa’, se apresenta em Manhuaçu



 

Tamanho da fonte    




O Centro Cultural João Bracks será palco, no próximo dia 30 de agosto, da apresentação do humorista Matheus Ceará. O espetáculo terá inicio às 21h. Os ingressos antecipados já estão à venda na bilheteria do Centro Cultural ao preço de R$25,00 (meia-entrada). 
 
Hoje, contratado no SBT, o humorista compõe o elenco fixo de “A Praça É Nossa” contracenando ao lado de Carlos Alberto de Nóbrega. Matheus Ceará é o típico matuto do nordeste brasileiro que conquista a simpatia de todos ao ver as desgraças de seu dia-a-dia com bom humor.
 
Carreira
 
Matheus Martone nasceu em Fortaleza/CE e aos oito anos de idade mudou-se para a cidade de Itobi, no interior de São Paulo, onde começou a imitar os amigos e professores da escola. 
 
Percebendo o seu potencial para a carreira artística, Matheus lançou, aos 14 anos, seu primeiro show de piadas, “A Boca do Riso”. Como tinha vergonha de subir ao palco de ‘cara limpa’, adotou a indumentária comum do caipira nordestino, surgindo, assim, o personagem Matheus Ceará.
 
Em agosto de 2010, Matheus Ceará ganha projeção nacional ao participar e vencer o concurso “O mais novo humorista do Brasil”, no programa “Tudo é Possível”, de Ana Hickmann, na Record. Dois meses se passaram e logo Matheus Ceará ganha o concurso “Quem chega lá”, do “Domingão do Faustão”, na Rede Globo.
(foto: Reprodução)
 
Socando a bucha
 
Criado em julho de 2012, com a direção de Maurício Manfrini (o Paulinho Gogó, da Praça É Nossa), o show “Socando a Bucha” já viajou o país, passando pelas principais cidades do país.
 
No início do espetáculo, o humorista, que é uma das principais revelações da comédia brasileira recente, apresenta ao público um pouco do Stand Up Comedy, exibindo, de cara limpa, um olhar divertidíssimo sobre o cotidiano.
(foto: Divulgação)
 
Já na sequência, vem o bêbado Chico Manguaça e a sua larga e hilária experiência em bares e botecos. O show continua com as imitações de cantores, tais como Maria Bethânia, Belchior, Cazuza e até Elvis Presley.
 
Para encerrar, o personagem mais que querido do público, Matheus Ceará, aparece para contar as suas histórias sofridas de viajante nordestino, mas sempre, claro, com muito bom humor.
 
Manhuacu.com