Militantes petistas voltam a se reunir



 

Tamanho da fonte    




Lideranças de movimentos sociais, o vereador Chico do Juquinha, vice-prefeito e secretario municipal de Saúde, Gulivet Oliveira, o administrador da rodoviária José Carlos e o assessor do Gabinete do deputado Padre João, Gabriel Guerra, e demais filiados ao PT – Partido dos Trabalhadores de Manhuaçu participaram de um segundo encontro de militantes petista neste ano. A mobilização ocorreu na sede da Câmara Municipal, recentemente.

A reunião serviu para avaliar, debater e propor ações ao Governo municipal de Manhuaçu. Os militantes se dispõem a participar das discussões políticas e administrativas do município, em especial sobre o orçamento para 2014 e a mobilidade urbana. Eles almejam propor à Câmara de Vereadores a implementação do projeto “Restaurante Popular”.

O presidente em exercício da COORPOL, Flânio Alves, fez uma breve avaliação dos primeiros meses do atual Governo municipal. Ele concluiu que ainda é muito cedo para se cobrar resultados, em função do tamanho dos problemas herdados das administrações anteriores e dos desafios enfrentados.

O vereador Chico do Juquinha, Líder do Governo na Câmara, falou sobre o seu papel entre os poderes Executivo e Legislativo. Ele enfatizou o desejo em fazer a indicação para o projeto do “Restaurante Popular”. Também esclareceu sobre o empenho da Administração de Manhuaçu na implantação do IFET – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia.

O vice-prefeito e secretario municipal de Saúde, Gulivert Oliveira, fez uma explanação dos trabalhos da sua pasta. Mencionou os desafios enfrentados e os avanços alcançados. Falou da aprovação pela SIR – da construção do CER II – Centro Especializado de Reabilitação de Manhuaçu. A proposta está sendo apreciada pelo Conselho Municipal de Saúde.

O assessor de Gabinete o deputado Padre João, Gabriel Guerra, apresentou o regulamento do PED 2013 – Programa de Eleições Diretas do PT. Com a colaboração da militante Graça Cipriano, ele destacou as varias novidades e os principais artigos do material. Guerra expôs sobre a necessidade de organizar um calendário para preparação dos filiados e filiadas do partido, com a realização de encontros específicos de formação, requisitos para a participação no processo democrático eleitoral das instancias municipal, estadual e nacional do PT. “Precisamos fortalecer nossas lideranças para assumir a direção do Partido dos Trabalhadores, interagindo também com as decisões estadual e nacional, para alcançarmos resultados no município” – avaliou Gabriel Guerra.

Senisi Rocha