MANHUACU.COM - Monitoramento de chuvas é automatizado em Manhuaçu

Monitoramento de chuvas é automatizado em Manhuaçu



 

Tamanho da fonte    




A Prefeita Cici Magalhães firmou convênio com o CEMADEM (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais) e assegurou dois novos pluviômetros para Manhuaçu. Os equipamentos utilizados para medir quantidade e intensidade de chuvas são agora automáticos. 
 
A Coordenadora de Defesa Civil, Vininha Nacif, destacou que eles foram instalados na Secretaria M. de Saúde (B. Todos os Santos) e no Almoxarifado Municipal (Praça Dra. Elizabeth Spechidt, saída para Reduto). Ela agradeceu ao empenho da Prefeita Cici para esta conquista, pois há mais de quatro anos a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil se empenhava para adquirir estes aparelhos. Os agradecimentos também se estenderam à Secretária de Saúde, Dra. Karina Gama, e do Coordenador de Compras, Quilberson Miranda, pela prontidão com a instalação do equipamento. 
 
Com a automatização, o sistema de alertas sobre temporais e riscos de inundação torna-se mais dinâmico, com atualizações constantes sobre as condições do tempo. Outra vantagem é que, além da Defesa Civil e demais órgãos de governo que atuam no setor, as informações estão disponíveis também para qualquer cidadão, bastando acessar o site www.cemaden.gov.br/mapainterativo.
 
Vininha pontua que, até então, a cidade possuía apenas um pluviômetro semiautomático, instalado sobre a Companhia dos Bombeiros Militares.
 
O projeto ‘Pluviômetros Automáticos’, do Governo Federal, amplia e complementa a rede de monitoramento no Brasil, subsidiando a emissão de alertas de desastres naturais, os quais contribuem para a redução de danos e perdas humanas, com eventuais deslizamentos de terra, inundações e enxurradas.
 
Agora é possível acompanhar as chuvas, em tempo real, pelos profissionais da Sala de Situação do Centro. Estes então podem emitir diferentes níveis de alerta, além da previsão de vazão do rio.  
 
Os pluviômetros automáticos se conectam aos servidores e transmitem dados dos acumulados de chuva, em milímetros, a cada dez minutos, nos períodos chuvosos. Quando não está chovendo, os dispositivos se conectam apenas uma vez a cada hora, enviando o acumulado de zero milímetro dos últimos sessenta minutos.
 
No site, também é possível fazer o download da série histórica de dados dos equipamentos, ou período de interesse específico. É importante pontuar que, para informações da região, é necessário diminuir três horas. Quando o horário de verão está vigente, a diferença que deve ser subtraída passa a ser de apenas duas horas.
 
Secretaria de Comunicação Social – Prefeitura de Manhuaçu













}