Moradores da Ponte da Aldeia pedem reforma da passarela e tampas nos bueiros durante visita do presidente da Câmara



 

Tamanho da fonte    




Moradores do Bairro Ponte da Aldeia e Recanto da Aldeia, em Manhuaçu, apresentaram quatro problemas durante visita do Presidente da Câmara, Jorge Augusto Pereira "Jorge do Ibéria"; Presidente do COAMMA (Conselho das Associações de Moradores), Vasco Fernando e Presidente da Associação de Moradores da Ponte da Aldeia, José Lourenço de Andrade, na tarde desta quarta-feira, 26/08.
 
Eles pedem a reforma da passarela, instalação de tampas em bueiros, instalação de quebra-mola em frente a escola municipal e também a poda de árvores próximas a creche.
 
"Precisamos urgentemente da reforma da passarela e posteriormente precisamos que tampem estes bueiros abertos, coloquem quebra-mola em frente a escola municipal e também a poda das árvores na creche. Pedimos providências o mais rápido possível", comentou José Lourenço.
 
A moradora do Recanto da Aldeia, Irene Muniz de Paula, explicou que os bueiros abertos causam insegurança principalmente para as crianças. "Já tem dois anos que estamos sofrendo com este problema. Quando minha filha se mudou para esta rua, comecei a solicitar a prefeitura para resolver isto, pois meu neto e as demais crianças não podem nem sair, devido a este buraco. Faço meu último apelo ao prefeito que resolva isto para nós", justificou.
 
O Vereador Hélio Ferreira, morador da Ponte da Aldeia, endossou a cobrança. "Fiquei feliz porque os buracos foram tampados e agora volto a cobrar a colocação das tampas dos bueiros. Estamos mostrando as demandas do povo e peço ao prefeito e ao secretário de obras para que resolvam estas questões, pois os moradores estão prejudicados", salientou.
 
O Presidente da Câmara, Jorge do Ibéria, solicitou a administração que resolva os problemas o mais rápido possível. "Vemos a dificuldade que o vereador da Ponte da Aldeia e os moradores estão passando e mais uma vez pedimos ao secretário de obras que voltem os olhos para este bairro a fim de amenizar esta situação. Lembramos mais uma vez que nossa função é cobrar, legislar e fiscalizar", pontuou. 
(foto: Assessoria de Comunicação)
 
O Presidente do COAMMA, Vasco Fernando, ressaltou que a função do conselho é cobrar. "Estamos unidos a fim de mostrar a realidade dos moradores. Acho que a administração podia nos dar mais apoio, pois queremos ajudar e firmar uma parceria. O COAMMA também é muito cobrado, mas nosso papel não é executar, por isso lembramos a prefeitura das demandas", concluiu.
(foto: Assessoria de Comunicação)
 
 
(foto: Assessoria de Comunicação)
 
Assessoria de Comunicação













}