MANHUACU.COM - Moradores realizam concentração em ponte quebrada no Domingo de Ramos

Moradores realizam concentração em ponte quebrada no Domingo de Ramos



 

Tamanho da fonte    




Os moradores das comunidades da Barra do Jaguaraí e Vargem Alegre participaram na manhã desse domingo, 09/04, da celebração do Domingo de Ramos, que contou com a participação significativa de fieis. A celebração iniciou às margens do local que cedeu com as fortes chuvas do final do ano passado, levando a cabeceira da ponte sobre o rio Manhuaçu. O objetivo foi para demonstrar à revolta e a necessidade dos municípios de Reduto e Manhuaçu estarem se mobilizando para a reconstrução da ponte.
 
Os moradores contam que muitas reuniões foram feitas, mas nada de concreto aconteceu até o momento que possa devolver a esperança às famílias que moram nas comunidades vizinhas, que tinham a ponte como passagem. Durante a celebração, os fieis pediram a atenção dos governantes para a comunidade. “Precisamos pedir a Deus, bênçãos para que olhem para o nosso povo que sofre e precisa de atenção. Aqui estamos renovando nossa fé”, disse Padre André.
 
O presidente da Associação de Moradores de Vargem Alegre, Guilherme Anselmo disse que a comunidade está estarrecida com o descaso do Poder Público, que até hoje não deu resposta satisfatória quanto à construção ou reforma da ponte. “Antes, a gente demorava quatorze minutos para chegar à Barra do Jaguaraí, e agora a gente percorre quatorze quilômetros. A colheita está chegando e estamos preocupados como vamos fazer, pois a coisa está difícil”, disse Guilherme Anselmo.
 
Produtores rurais reclamam que o tempo está passando e a ponte principal que dá acesso a região tem tirado a tranqüilidade de todas as famílias, que estão ilhadas. O produtor rural, Laércio Rodrigues Ramos conta que os moradores estão sofrendo muito. Com a aproximação da colheita, a preocupação está aumentando e ninguém consegue entender a razão do Poder Público ter esquecido o problema. “Queremos ação para que tenhamos facilidade para escoar nossa produção”, diz o produtor rural.
 
Tribuna do Leste
 
Envie notícias, fotos e vídeos para o nosso WhatsApp (33) 99906-5656













}