Motorista embriagado causa acidente, resiste à prisão e agride testemunha e Policial Rodoviário Federal



 

Tamanho da fonte    




O que era pra ser uma simples ocorrência de acidente de trânsito resultou numa série de eventos que virou a madrugada desta segunda, 25/06.
 
Segundo registro da ocorrência policial confeccionada pela PRF, posto de Realeza, por volta de meia noite, a equipe composta pelos PRFs, Soti e Luiz Fernando foi acionada por causa de colisão com saída de pista no km 43,5 da BR 262, próximo à Ponte do Evaristo.
 
Chegando ao local constatou-se que o condutor de picape L200, com placa de Abre Campo, perdeu o controle da direção, invadiu a contramão, atingindo um Chevette que vinha sentido contrário, saiu da pista e ainda bateu numa carroceria de madeira, pertencente à uma fabrica de carrocerias existente à margem da rodovia.
 
Três ocupantes do Chevette foram socorridos à UPA de Manhuaçu, com ferimentos leves pelo Corpo de Bombeiros de Manhuaçu. O motorista da Picape aparentemente não se feriu e foi levado para o posto da PRF em Realeza.
 
Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, o motorista se recusou de fazer o teste do bafômetro no momento do acidente, e apresentava sintomas de embriaguez e estava bastante exaltado, proferindo palavras ofensivas aos policiais, chegando a usar termos racistas contra algumas testemunhas e resistindo à prisão, lesionando um Policial Rodoviário Federal.
 
Após passar pela Unidade de Pronto Atendimento onde foi realizado o exame de corpo delito, o motorista foi encaminhado para delegacia de Polícia Civil.
 
Manhuacu.com/com informações da PRF













}