Nova rotatória é reinaugurada no Trevo do Cafeicutlor



 

Tamanho da fonte    




A prefeitura de Manhuaçu entregou ao povo na manhã desta quinta-feira, 01, o Trevo do Cafeicultor, que passou por adequações e melhorias. O objetivo da obra, totalmente realizada com recursos do município, foi o de dar fluidez ao trânsito e reduzir os frequentes acidentes no local. Desde que o sistema de rotatória passou a funcionar, nenhum acidente com vítima fatal foi registrado.
 
Segundo dados levantados pelo Pelotão do Corpo de Bombeiros de Manhuaçu, do ano de 2006 até 2015, foram 45 ocorrências registradas no Trevo do Cafeicultor, entre colisões, atropelamentos e outros. Após ser ativado o novo trevo, apenas uma colisão leve e sem vítimas foi registrada. Para o Tenente do Pelotão, Flávio Mota, a intervenção foi de extrema importância. “Foi uma iniciativa positiva para Manhuaçu e para quem passa no local. Porque nossa estatística mostra que o índice de acidentes aqui era grande. Então vemos com muito bons olhos essa iniciativa, que vem prevenir outros acidentes” - diz.
 
“Isso provém da vontade do prefeito e da sua equipe em fazer o bem para a população. Porque isso era uma vergonha, uma obra reivindicada há vinte anos e nenhum gestor antes fez. Não sei quanto custou, mas acredito que tenha sido barato, se levarmos em conta o tanto de vidas que não vamos mais perder em acidentes aqui, isso não tem preço” – enalteceu o munícipe Carlos Póvoa, que prestigiou a inauguração. “Ficamos felizes de ver uma obra tão bem feita e necessária, e reivindicada há tanto tempo. Só temos a parabenizar o prefeito e sua equipe” – fez coro o presidente da Câmara Legislativa, vereador Jorge Augusto Pereira.
 
“O que era um problema nós transformamos numa solução, em uma benção” – comenta o prefeito Nailton Heringer ao lembrar dos esforços feitos para que as obras fossem viabilizadas. O Executivo manhuaçuense lutou, desde o início da gestão, para que ela fosse possível. Somente os trâmites junto ao setor do DNIT – Departamento Nacional de Infraestrutura de Trânsito, responsável pelo trecho, levaram cerca de oito meses. Os recursos foram totalmente advindos dos cofres municipais, nada do Estado ou da União.
 
“Nossa proposta é essa, sempre com muita transparência e tranquilidade, sabendo das nossas dificuldades, e também do nosso potencial. Muitos diziam que não era obrigação do município, por se tratar de uma rodovia federal. Mas o trevo fica em Manhuaçu, as vidas que estavam sendo ceifadas também eram de Manhuaçu. Os atendimentos médicos a essas vítimas também são mantidos com recursos da Saúde de Manhuaçu. Ou seja, temos sim responsabilidade” – defende Heringer.
(foto: Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu)
 
Foi um parceiro do Poder Executivo nesta luta o Rotary Clube, instituição que há anos tem buscado somar forças ao município para a viabilização da rotatória, o que se tornou real com a boa vontade da atual gestão. Prestigiou a cerimônia de inauguração, o governador do Rotary Distrito 4580, Cristóvão Mesquita. O presidente do Rotary Manhuaçu, André Amaral, enalteceu a obra. “Hoje Manhuaçu está sendo presenteada. Após muita luta estamos inaugurando esse trevo. E parece que não, mas a cidade é referência, as muitas pessoas que passam por aqui para chegar ao litoral vão notar que mudou. Só temos a agradecer ao nosso prefeito” – comemora.
 
Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu













}