OAB Manhuaçu acompanha investigações no caso da morte do advogado José Pereira Miranda



 

Tamanho da fonte    




A diretoria da 54ª Subseção da OAB/MG vai acompanhar as investigações em torno da morte do advogado José Pereira Miranda, de 76 anos, vítima de crime. Ele foi encontrado morto nesta sexta-feira, 02/09, num açude em sua propriedade rural no córrego Caratinga, município de São João do Manhuaçu.
 
A Polícia Militar trabalha com a hipótese de latrocínio. O advogado foi localizado dentro do açude com as mãos e pés amarrados. Havia uma perfuração a tiro na cabeça dele.
 
A perícia da Polícia Civil esteve no local e confirmou que o corpo apresentava rigidez e estava boiando no açude, indicando que a morte foi há mais tempo. O Corpo de Bombeiros de Manhuaçu foi acionado para a retirada do corpo do açude. Atualmente, o advogado morava sozinho. Toda a casa foi revirada. Foram roubados objetos de valor, três armas (registradas) e o equipamento que faz a gravação das imagens das câmeras de segurança da fazenda.
 
Equipes da Polícia Militar seguem em rastreamento na tentativa de identificar a autoria e prender o autor do latrocínio (homicídio com objetivo de roubo).
 
O presidente da OAB Manhuaçu, Alex Barbosa de Matos designou o advogado Richard Pereira Guimarães para acompanhar os trabalhos de investigação realizados pela Delegacia de Homicídios da 6ª DRPC. “A morte do advogado José Pereira Miranda choca e indigna nossa classe e toda sociedade. A OAB Manhuaçu exige que os órgãos de segurança elucidem rapidamente este crime, com punição exemplar dos envolvidos”, disse Alex Barbosa de Matos.
 
Assessoria de Comunicação / OAB Manhuaçu
 
Envie notícias, fotos e vídeos para o nosso WhatsApp (33) 99906-5656













}