Oitava festa do Queijo em Ipanema acontecerá no final de julho



 

Tamanho da fonte    




A oitava edição da Festa do Queijo de Ipanema acontecerá de 28 a 30 de julho no Parque de Exposições da CASEMG. O queijão mais uma vez será auditado pelo “Rank Brasil” (Livro dos recordes brasileiro) e o município poderá novamente quebrar o seu próprio recorde, chegando a duas toneladas. Este ano,a grande novidade éque o troféu de recordista na fabricação do queijo poderá mudar de mãos. O Laticínio Dois Irmãos, empresa tradicional no município, topou o desafio e vai produzir o queijo gigante neste ano. O recorde atual na fabricação da iguaria pertence à Capil com um queijo de 1910 Kg, produzido em 2016.
 
Outra novidade do evento é a mudança de local. Nas sete edições anteriores, a festa aconteceu na praça central da cidade, a Praça Coronel Calhau, e agora o Parque de Exposições da CASEMG será o palco do evento, oferecendo mais segurança e conforto aos participantes.
 
O doce de leite gigante também fará parte da festa e a fábrica de doces “Nhá Nair” vai tentar mais uma vez quebrar seu próprio recorde no Rank Brasil. O desafio será produzir um doce em barra com mais de 568 Kg.
 
O bule gigante com cerca de mil litros de queimadinha, que é uma mistura de leite com açúcar queimado, completa a lista de iguarias gigantes.
 
No primeiro dia do evento, sexta-feira, 28, acontecerá o concurso de queijo e cachaça artesanal, com premiação em dinheiro para os três melhores produtores de cada categoria.
 
Como complemento, shows musicais vão embalar a sexta e o sábado. Destaque para a apresentação do cantor capixaba, Alemão do Forró, que tem se apresentado nos principais eventos do Espírito Santo e é destaque no cenário nacional em seu gênero. A cantora sertaneja Mara Rúbia, que se apresentará no dia 28, sexta-feira, também é um dos destaques musicais, colecionando apresentações na TV, como Programa Raul Gil e Máquina da Fama. Por fim, valorizando a prata da casa, Paulo Sérgio e Mateuzito vão juntar seus amigos numa moda de viola com muita música sertaneja de qualidade e a Banda Balanceart com muita música dançante.
 
Produtos da culinária do queijo estarão disponíveis para venda durante o evento. Cursos de culinária do queijo também serão realizados na semana que antecede ao evento pelo SENAC e SEBRAE.
 
Fabricação do Queijo, Doce e Queimadinha
 
O queijo gigante será produzido vinte dias antes da festa (tempo necessário para maturação, de acordo com os órgãos fiscalizadores) e ficará por conta de um especialista e auxiliares para inspeção da parte técnica.
 
Para a produção do queijo serão gastos aproximadamente, 21.000 litros de leite, além de outros ingredientes, como cloreto de cálcio, coalho, fermento lácteo e sal.
 
A produção do doce de leite, que neste ano pretende alcançar os 600kg, leva leite, açúcar, glicose e um redutor de acidez e o cozimento é a vapor. Ele será produzido na sede da fábrica de doces Nhá Nair, na semana da Festa. Para a quantidade de 600 quilos, o processo de preparo dura até 8 horas. Para a produção serão usados aproximadamente 1.300 litros de leite e 400kg de açúcar. Após o processo o doce vai para a enformagem e ‘‘descansa’’ até o dia 29 de julho quando será auditado pelo Rank Brasil e seguirá para o desfile pela cidade.
 
A produção da Queimadinha será a partir das 11:00 horas da manhã, na CASEMG, através de uma chaleira gigante com um metro e oitenta de altura e dois metros de diâmetro.
 
Desfile, Distribuição e Fiscalização
 
Às onze horas da manhã será iniciada a produção da queimadinha no bule na CASEMG. Às quinze horas e trinta minutos, do dia 29 de julho (sábado), o queijo e o doce de leite, serão auditados por um fiscal do Rank Brasil, aferindo peso e medidas, e verificando se o produto é próprio para o consumo. A apresentação dos dois produtos está marcada para as dezesseis horas, com um desfile pelas ruas da cidade e distribuição gratuita na CASEMG.
 
Concurso Queijo e Cachaça Artesanal
 
Além da degustação do queijo, do doce de leite e da queimadinha, um Concurso de Queijo e Cachaça Artesanal vai expor os principais produtores de Ipanema e região, em um evento que será realizado no dia 28 (sexta-feira) a partir das 20 horas. Uma comissão vai julgar os melhores, que serão premiados.
 
Ipanema
 
Ipanema é uma importante bacia leiteira do Vale do Rio Doce. Com 19 mil habitantes, localizada a 190km de Governador Valadares, 75 km de Caratinga e 80 Km de Manhuaçu, tem como propulsor da economia a pecuária leiteira.
 
A Festa é realizada pela Prefeitura de Ipanema e conta com o apoio do Laticínio dois Irmãos e da fábrica de doces Nhá Nair para a produção do Queijo e do Doce de Leite.
 
Mascotes
 
Mascotes da Festa visitaram as escolas Municipais, com diversas atividades lúdicas, destacando a importância da Festa para a economia da cidade, produção do leite, valores culturais do meio rural e suas interações com meio urbano.
 
Cursos de culinária do queijo
 
A cozinha móvel do SENAC ficará estacionada na Praça da Matriz entre os dias 17 e 27 de julho, sob a responsabilidade da economista doméstico, Maria Goretti Starling de Oliveira, oferecendo cursos sobre a correta manipulação de alimentos e receitas inovadoras, tendo como ingrediente principal o leite e seus derivados.
 
Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Ipanema