Operação Tiradentes: Bombeiros, PM e PRF juntos em todo o país em ações de prevenção



 

Tamanho da fonte    




A Operação Tiradentes, inédita no Brasil, realiza ações conjuntas entre Bombeiros e Policiais Militares. As atividades de prevenção e manutenção da ordem pública começaram às 14h do dia 20 e se encerram às 10h no dia 22/04, com o objetivo de promover a segurança à população e serão realizadas simultaneamente em todo o país. Em Minas Gerais, o Corpo de Bombeiros Militar realizará 32 pontos-base em rodovias mineiras e prevenção aquática com o emprego de 856 militares.
 
Do total de militares que estarão na operação, 165 deles serão empenhados diretamente nos locais definidos e 691 estarão em regime de prontidão nos batalhões em todo o Estado e em 32 pontos-base nas rodovias estaduais e federais que cortam o Estado para dar dicas de prevenção contra acidentes e incêndios florestais. Em três municípios será realizada prevenção a afogamentos em represas e cachoeiras, com atenção especial ao município de Ouro Preto.
 
A Operação Tiradentes é uma iniciativa do Conselho Nacional de Comandantes Gerais das Polícias e dos Corpo de Bombeiros Militares e, de acordo com o órgão, contribui para o exercício do papel primordial do Estado, que é a promoção da segurança, condição essencial para a vida em sociedade. Os Corpos de Bombeiros e Polícias Militares somam, em todo o país, mais de 600 mil profissionais.
 
O resultado final da operação será divulgado pelo presidente do CNCG, Coronel PM Marcos Antônio Nunes de Oliveira, do Distrito Federal.
 
Em Manhuaçu, as viaturas estão posicionadas em locais estratégicos para atender com mais agilidade os eventuais sinistros e assim poder prestar o socorro de forma mais rápida. Durante parte da manhã e no período da noite, uma equipe estará em “ponto esse” em Realeza, trevo do Cafeicultor e outros locais de acordo com o movimento nas estradas com o intuito de promover uma resposta mais rápida em caso de acidentes nas BRs 262 e 116.
 
“Como número de veículos circulando nas rodovias aumenta consideravelmente neste período, o Ponto Base montado em Realeza diminui o tempo de chega à uma ocorrência e este tempo pode representar uma vida”, explica o sargento Maiquel, do 2º Pelotão de Corpo de Bombeiros de Manhuaçu.
 
Polícia Rodoviária Federal
 
Já a Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou a Operação Tiradentes à 0h de quinta-feira (20) com objetivo de reduzir o número de acidentes nas estradas durante o feriado prolongado. A operação, que ocorrerá até as 23h59 de domingo (23), terá 2.047 viaturas, 928 motocicletas, 2.714 etilômetros, também conhecido como bafômetros, e 203 radares portáteis.
 
Segundo o PRF Tadeu Lima, as ações ostensivas e de prevenção envolverão todo o efetivo da corporação. “Em Realeza contamos com reforço no efetivo reforçando as fiscalizações principalmente no entroncamento das BRs 262 e 116, no trevo em Realeza” disse.
 
Em todo Brasil mais de 10 mil policiais, estão em atividades operacionais e administrativas em todos os estados. As fiscalizações serão concentradas nos locais e horários de maior incidência de acidentes e crimes, de acordo com estatísticas do órgão.
 
No feriado da Semana Santa, entre os dias 13 e 16 deste mês, a PRF registrou 60 mil flagrantes de excesso de velocidade. Mais 5,8 mil motoristas foram autuados por ultrapassagens em locais proibidos.
 
De acordo com a PRF, serão feitas durante a Operação Tiradentes ações educativas na tentativa de sensibilizar motoristas e passageiros sobre cuidados nas estradas.
 
Em nota, a PRF informou que, em alguns postos, condutores serão convidados a assistir a vídeos que mostram comportamentos inadequados no trânsito e as consequências de tais condutas. “Os motoristas terão oportunidade de fazer uma reflexão sobre suas atitudes e assimilar novos hábitos”, informou a corporação. Somente no feriado da Semana Santa, mais de 42 mil pessoas assistiram aos vídeos.
 
Cuidados
 
Com o aumento relevante do fluxo de veículos nas rodovias federais, incluindo ônibus e veículos de carga, Tadeu Lima diz que o planejamento da viagem é fundamental para reduzir os riscos de acidentes. “A PRF alerta que esse planejamento deve levar em consideração a duração da viagem, a hora prevista de chegada ao destino e pontos de parada para alimentação, descanso e abastecimento. A falta de planejamento pode resultar no excesso de velocidade, quando o condutor quer chegar ao destino mais rápido, consequentemente, aumenta os riscos de acidentes”, diz.
 
Outro alerta do PRF é quanto às condições do veículo, documentação e o uso do farol durante o dia. “Nas abordagens verificamos as condições de segurança do veículo, documentação do mesmo e do condutor. Já quanto ao uso do farol baixo aceso durante o dia que proporciona maior visibilidade e consequentemente aumenta a segurança na via, o veículo não precisa ser abordado para ser multado, caso os faróis estejam apagados. É anotada placa e a multa chega no endereço do proprietário”, destaca Tadeu.
 
Durante a operação serão priorizadas ações preventivas para a redução da violência nas rodovias federais, onde serão desenvolvidas atividades direcionadas ao excesso de velocidade, à alcoolemia ao volante, ao uso inadequado do cinto de segurança e de dispositivos de retenção para crianças e às ultrapassagens indevidas.
 
Tribuna do Leste/com informações do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal
 
Envie notícias, fotos e vídeos para o nosso WhatsApp (33) 99906-5656













}