Peça “Os Sem Vergonhas” acontece nos dias 22 e 23 em Manhuaçu



 

Tamanho da fonte    




No sábado 22 e domingo 23 de março, será realizada no Centro Cultural João Bracks à partir das 20h30, a peça “Os Sem Vergonhas”. O espetáculo foi um dos mais assistidos na campanha de popularização do teatro em Belo Horizonte que terminou no dia 02/03, além disso, as temporadas em São Paulo e Rio de Janeiro do espetáculo foram de muito sucesso.

Veja abaixo o release do espetáculo e demais informações:

Baseado na obra neozelandesa "Ladies Night" de Anthony Mc Carten e Stephen Sinclair, que inspirou o filme "Ou tudo ou nada" (The Full Monty), o texto é uma versão livre do argentino Daniel Botti. Uma cativante história sobre seis homens desempregados – Chevrolet, Edinho, Mangueira, Vanderley, Peixoto e Pança – que se reúnem em uma oficina mecânica no boêmio bairro da Lagoinha para jogar conversa fora e discutir, desesperadamente, ideias fantásticas sobre como ganhar dinheiro. Depois de muitas ideias, absurdas e engraçadas, finalmente eles chegam a um consenso. Fazer strip-tease dá dinheiro. Com este enredo eles abordam, de forma divertida, um problema atual e preocupante: o desemprego. Também tocam em pontos delicados, como religião e homossexualismo.

A idéia da montagem de "Os Sem Vergonhas" surgiu a alguns anos em uma viagem do ator e diretor Guilherme Leme à Argentina. Ele adorou a montagem e compararam os direitos da peça, adaptando-a para o Brasil. A parceria dos atores mineiros, Ilvio Amaral e Maurício Canguçu com o (ator e diretor) paulista erradicado no Rio de Janeiro, iniciaram-se na produção de "Idade da Ameixa", que ganhou o prêmio Sinparc de melhor espetáculo em 2005. Leme dirigiu a peça e os três acabaram se unindo para a montagem mineira de "Os Sem Vergonhas".

O elenco da peça conta com a participação dos atores Ilvio Amaral, Maurício Canguçu, J. Bueno, Marino Canguçu, Freddy Mozart e Guilherme Oliveira.

Se no Rio de Janeiro, a peça "OS SEM VERGONHAS" tem como cenário o carioquíssimo Bairro da Lapa, aqui em Minas, a Lagoinha é o contexto espacial; em São Paulo, as situações inusitadas acontecem no tradicional Bairro do Bixiga. A trilha sonora, como não poderia deixar de ser, é uma coletânea deliciosa de sambas feita pelo próprio, Leme. Nada mais boêmio.

Serviço

Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 14 anos

Valor dos ingressos: Preço Promocional para venda antecipada até dia 18/03 = R$20,00 (meia)

Os ingressos já estão à venda na bilheteria do teatro.

Manhuacu.com