PM alerta sobre possível golpe de projeto estudantil



 

Tamanho da fonte    




A Polícia Militar alerta sobre a ação de um casal que possivelmente está aplicando golpes em médicos da região. O primeiro caso foi registrado pela PM na manhã desta quinta-feira, 02/03, em consultório de Manhuaçu.
 
A vítima acionou a PM e relatou que uma moça, aparentando ter 20 anos de idade, morena, com sotaque nordestino, vestida com calça jeans e blusa branca chegou ao consultório dizendo que estava fazendo uma pesquisa com médicos, para saber se esses profissionais acreditavam na recuperação de um dependente químico e na inserção desse no mercado de trabalho, uma vez que ela era ex viciada e tinha sonho de fazer faculdade de enfermagem. Ao final, a suspeita disse que precisava de padrinhos para patrocinar um projeto social que a ajudaria a ingressar na faculdade, contribuindo com o valor de 550 reais.
 
A vítima disse que ajudaria a moça, mas o dinheiro deveria ser passado para o coordenador do projeto que compareceu ao consultório 5 minutos após a saída da suspeita.
 
A médica decidiu fazer a doação em cheque e recebeu como brinde um livro. A desconfiança surgiu ao perceber que o tal coordenador estava tento dificuldades para preencher o recibo da doação. 
 
Assim que o homem saiu, a solicitante pesquisou na internet e viu que relatos de pessoas que haviam passado por situações semelhantes a que acontecera a ela e por isso decidiu sustar o cheque.
 
De acordo com a médica, o homem que esteve em seu consultório também tem sotaque nordestino, usava camisa azul e calça jeans.
 
A PM saiu em rastreamento, mas não localizou os suspeitos.
 
A Polícia Militar orienta que não realize doações a estranhos sem antes verificar a veracidade dos fatos e ligue para o 190 da PM para obter mais informações e esclarecer dúvidas.
 
Manhuacu.com/com informações da PM
 
Envie notícias, fotos e vídeos para o nosso WhatsApp (33) 99906-5656













}